Segue-nos

Famosos

José Raposo elogia Maria João Abreu: “O êxito maior deveu-se a ela!”

O actor destaca a presença da ex-mulher em ‘Golpe de Sorte’

Publicado

em

José Raposo / Instagram

A série ‘Golpe de Sorte‘, da SIC, conseguiu chegar à casa e aos coração de milhares de portugueses que acompanharam atentamente a produção que já vai na segunda temporada.

Na sua conta Instagram, José Raposo, que integrou o elenco, fez questão de tecer vários elogios a toda a equipa, destacando principalmente a ex-mulher, a actriz Maria João Abreu, que veste a pele de maria do Céu, na trama da SIC.

“Foi especial, daqueles que acontecem de não sei quantos em não sei quantos anos, onde as boas energias e o bom ambiente se misturam com o talento e a qualidade… e já agora com a justiça!”, começa por dizer o ator.

“A justiça de se ter decidido voltar a chamar atores mais velhos e outros arredados da ficção há muito, formando uma mescla de núcleos com características bem diferentes, afinal como na vida real, que acho que é o que se pretende na ficção de entretenimento!”, acrescenta.

Na série, além de contracenar com a ex-mulher, José também teve oportunidade de trabalhar com o filho de ambos, Miguel Raposo. Mas é para Maria João Abreu que vão os maiores elogios.

“E a justiça de apostar numa das melhores atrizes portuguesas para protagonista, aos 55 anos, acabando com o preconceito instituído há anos de que só pessoal muito jovem poderia protagonizar novelas em Portugal! A João, além do seu talento, deu a alma por este Golpe, e, para além de tudo o que disse (e acho que todas as pessoas ligadas ao projeto têm esta opinião) é de toda a justiça dizer que o êxito maior se deveu a ela!”.

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING