Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Jorge Gabriel desabafa sobre funeral do pai: “Nem cinco minutos, nunca lhe poderei chamar cerimónia…”

PUBLICIDADE

O apresentador despediu-se hoje do pai, que morreu no início da semana vítima da Covid-19…

Publicado

em

Por

Jorge Gabriel | Instagram

Jorge Gabriel revelou na passada terça-feira, 19 de janeiro, através da sua conta de Instagram, que o pai tinha morrido, vítima de Covid-19. No texto que publicou, o apresentador da RTP1 despediu-se do progenitor e adiantou que iria prestar-lhe a sua “melhor homenagem” no programa do dia seguinte, em direto.

PUBLICIDADE

Este sábado, 23 de janeiro, o apresentador recorreu novamente às redes sociais para fazer uma nova homenagem ao progenitor, e lamentar a despedida curta em tempos de pandemia: “Cinco dias após partir consegui cruzar-me pela última vez com o corpo do Sr. Albano. Nunca lhe poderei chamar cerimónia. Cinco minutos talvez. Entre chegar o carro funerário, retirar as flores, e seguir para o crematório tudo se desenrola num ápice.
Normas Covid…”, começa por escrever Jorge Gabriel.

“De entre as imensas e intensas mensagens que recebi, e que em breve agradecerei, permitam-me que destaque a que me enviou a dra. Ana Quintais, psicóloga no Lar de Santo António:”Sempre atrasado para o almoço e com ânsias de vitória! Sempre cordial e cavalheiro, conhecedor e perspicaz, o senhor Albano ficará para sempre nos nossos corações.” Este era o meu pai. Amo-te.”, pode ler-se.

A caixa de comentários encheu-se de mensagens de apoio e conforto: “Vai daqui um grande beijinho e muita força, há mais um anjo da guarda lá em cima a olhar por ti 💫” ou “Querido Jorge, que a alma do seu pai descanse em paz, foi orgulhoso do filho tem. 😘”, são apenas alguns exemplos.

Ora veja:

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING