Segue-nos

Famosos

João Paulo Rodrigues: tarde de emoções no ‘colo’ de Júlia Pinheiro

O apresentador emociona-se a falar do pai, do divórcio e das filhas

Publicado

em

João paulo Rodrigues / Instagram

João Paulo Rodrigues regressou à antena da SIC para uma entrevista intimista com Júlia Pinheiro, sua ex-companheira nas manhãs da estação de Paço D’Arcos.

O humorista abriu o coração à amiga e emocionou-se quando falou do fim do casamento com Juliana Marto. A relação durou 12 anos, terminou em abril de 2017 e deixou marcas no apresentador.

“Foi difícil. Quando o amor termina, não se quer acreditar que ele termina. Por um lado não queres acreditar que falhaste, que foi um plano, um projeto que falhou (…). Senti, naquela altura, que a deixei ficar mal”, disse, emocionado.

Actualmente, João Paulo Rodrigues vive uma relação estável com a médica oftalmologista Ana Amaro.

Mas as emoções não ficaram por aqui, durante a entrevista com Júlia Pinheiro. Do casamento com Juliana Marto, ficaram as filhas, Rita, de 8 anos, e Sofia, de 2. O apresentador contou que viveu momentos complicados nas primeiras ausências das meninas:

“Quando chegava de um espetáculo às quatro da manhã e a primeira coisa que fazia era ir ao quarto das minhas filhas. Queria sentir a energia delas ali naquela sala, os brinquedos espalhados, os desenhos… Mas chegar a uma casa que não era minha e não as ver foi das coisas mais difíceis”, confessou.

Durante a conversa, o humorista apresentador foi surpreendido pelas filhas e, sem hesitar, revelou que aprendeu muito com elas. “A Rita ensinou-me muitas coisas, a Sofia ensinou-me outras. Saí de casa e a Sofia era muito pequenina, por isso a relação que criei com ela é muito especial. A relação que criei com a Rita foi de continuidade mas com a Sofia é diferente. Ela ensinou-me a voltar”, revelou.

“Estava a dar-lhe banho no outro dia e, do nada, deu-me um sorriso e disse: ‘voltaste para mim papá?’. , Segundo o apresentador, a Sofia fê-lo voltar para as duas filhas de uma forma incrível.

Na entrevista, João Paulo Rodrigues também falou da morte do pai, para voltar a ser tomado pela emoção, ao recordar a relação cúmplice que tinha com ele.

“Do outro lado da vida, ele estará sempre presente, disse.

Ao actor só falta cumprir a promessa que fez ao pai: terminar o curso de Direito.

” target=”_blank”>Veja aqui a entrevista completa.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING