Segue-nos

Famosos

Joana Marques faz análise ao novo “Big Brother” e ‘atira’: “É o chamado “foi o que se pôde arranjar”…”

PUBLICIDADE

Joana Marques comentou a gala de ontem do “Big Brother” onde foram dados a conhecer os novos concorrentes…

Publicado

em

Joana Marques faz análise ao novo “Big Brother” e ‘atira’: “É o chamado “foi o que se pôde arranjar”…”
Reproduções | Redes sociais

Estreou neste domingo, 11 de setembro, a nova edição do “Big Brother”, conduzida por Cristina Ferreira, na TVI. Foram assim apresentados 17 concorrentes, alguns deles bem conhecidos no ‘mundo’ dos reality-shows.

Como habitualmente faz, Joana Marques dedicou a sua rubrica “Extremamente Desagradável” desta segunda-feira, 12 de setembro, ao programa de ontem.

PUBLICIDADE

A humorista começou por apelidar esta edição de “Big Brother 47” e comentou depois o facto de alguns dos participantes serem ex-concorrentes de edições passadas.

“Ontem começou mais um Big Brother e é uma mistura (de famosos e anónimos), é o chamado “foi o que se pôde arranjar”, se tivesse que lhe atribuir um subtítulo era o “Big Brother Repetentes” (…)”, começou por dizer.

Joana Marques destacou depois o facto de muitos dos concorrentes terem “habilitações a mais” e ainda a entrada de Nuno Homem de Sá, que participa num reality-show pela terceira vez, desta feita ao lado da namorada, Frederica Lima.

PUBLICIDADE

“Nuno Homem de Sá, ele é um ator preguiçoso (…) o Big Brother é como a droga, depois de começar é muito difícil parar (…) a maioria acaba por ter uma recaída”, constatou.

Ora veja:

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Licenciada em Comunicação e Media, todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING

v