Segue-nos

Famosos

Joana Diniz reflete sobre o que é ser mãe de um bebé prematuro: “É um desespero…”

Para assinalar o Dia Mundial da Prematuridade, Joana Diniz partilhou imagens inéditas dos primeiros dias de vida da filha, Valentina, na incubadora.

Publicado

em

Por

Joana Diniz/Instagram

Este domingo, 17 de Novembro, dia em que se assinala o Dia Mundial da Prematuridade, Joana Diniz recordou os primeiros dias de vida da filha, a pequena Valentina.

Através das redes sociais, Joana Diz partilhou uma fotografia de Valentina na incubadora, na legenda da publicação escreveu um texto sobre o sentimento do que é ser mãe de um bebé prematuro.

“Ser mãe de prematuro é ser apanhada pela surpresa e o despreparo. É não segurar o seu filho nos braços quando nasce. É olhar pela incubadora. É sentir a sua cria pela ponta dos dedos esterilizados em álcool gel. Ser mãe de prematuro é ser viciada no monitor”, começou por dizer.

“Num dia ganha 10 gramas e no seguinte perde 15. Isso é um desespero (…) é chegar ao hospital com o estômago às cambalhotas com medo do que vai ouvir do pediatra”, desabafou.

“Toda a mãe é um ser guerreiro por natureza. Mas a mãe de prematuro precisa ser guerreira em dobro. E isso difere-nos e ao mesmo tempo iguala-nos”, acrescentou.

Por fim, a ex-concorrente da ‘Casa dos Segredos’ terminou o texto agradecendo a toda a equipa de Neonatologia do hospital onde esteve instalada a filha.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING