Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Jéssica Athayde declara-se ‘culpada’: “Não trabalhava desde que o Oli nasceu…”

PUBLICIDADE

Jéssica Athayde não trabalhava desde o dia 8 de junho de 2019, e sente-se agora “culpada” de deixar o filhote…

Publicado

em

Por

Jessica Athayde / Instagram

Jéssica Athayde recorreu esta manhã às redes sociais para revelar que sente um misto de emoções. A atriz está feliz por estar de regresso ao trabalho muitos meses depois, mas revela-se com “sentimento de culpa” sempre que deixa o filho Oliver para ir trabalhar.

PUBLICIDADE

“Comecei a trabalhar a semana passada , mega feliz porque não trabalhava desde que o Oli nasceu e tem sido muito importante para mim voltei ao activo e não ser só mãe. Com horários tramados para fazer parte da rotina dele e nas minhas saídas a ouvi- lo a dizer com lágrimas nos olhos :- No Bye Bye mummy No ( dramática a criança )”, começa por escrever a atriz na legenda de uma fotografia com o pequeno Oliver, que nasceu no dia 8 de junho de 2019.

Mais à frente no texto, Jéssica Athayde pede conselhos aos seguidores sobre como evitar o “sentimento de culpa” que tem sempre que deixa o pequeno “Oli”: “Passei os últimos dias a fazer o caminho até ao trabalho a sentir -me a maior merda de mãe … apesar de saber que o puto fica na maior e passado 5 minutos nem se lembra de mim . O peso na consciência que não devia existir mas EXISTE levou-me a comprar um trampolim”, explica ainda.

“Em criança sempre quis ter um e agora dei um ao meu filho , é feio , é um mono que passei a ter no meu jardim , mas o puto está feliz. Mães e pais , há esquemas para fugir à este guilt trip?”, questiona Jéssica Athayde.

Na caixa de comentários os seguidores da atriz deram conselhos: “O tempo, o tempo ajuda em tudo, mas custa, coragem , estamos juntas” ou “Faz parte, mas melhora. Eles ficam bem e até lhes faz falta a companhia de outros que não os pais. ❤️”, são apenas alguns exemplos.

PUBLICIDADE

Ora veja:

COMENTÁRIOS

TRENDING