Familia

Se já viste uma mulher com esta tatuagem, fica a saber o que ela significa

Quando esta mulher americana, Joan Bremer, de 31 anos, sofreu um aborto às sete semanas de gestação, só tinha um desejo: não se esquecer de seu bebé.

Daí surgiu a ideia de fazer uma tatuagem em memória ao filho, que não nasceu. A foto comoveu a web, e viralizou.

“Demorei cerca de três dias para recuperar, e durante aquele tempo pensei em fazer uma tatuagem para marcar esta experiência de vida”, disse Joan ao Today.

“Para mim, todas as tatuagens que faço têm um significado, e mesmo neste momento doloroso, eu ainda queria poder lembrar-me de alguma forma”.

Depois de fazer pesquisas online, ela foi a um estúdio de tatuagens na Califórnia, e escolheu uma imagem de uma linha formando a silhueta de grávida, ligada ao seu bebé, e dois corações em vermelho.

“Se eu conseguir gerar um bebé saudável, vou adicionar um arco-íris ao desenho, já que os “bebés arco-íris” são aqueles que são concebidos após uma perda. Como se algo bonito pudesse vir depois de uma tempestade”, disse a americana.

Desde aí, muitas mulheres têm usado esta mesma tatuagem para poder lidar com a dor. O isolamento e a solidão que as mulheres experimentam durante um abort, podem ser difíceis de lidar.

Estas tatuagens servem para proporcionar um sentido maior de comunidade entre estas mulheres, e agora são consideradas como um agente unificador.

Nos Estados Unidos uma em cada quatro gravidezes acabam em aborto.

COMENTÁRIOS

To Top