Familia

Já se sabe quem é a mulher que pediu o divórcio porque o marido “fazia tudo em casa”

Esta semana uma notícia ficou viral, também em Portugal, e dava conta de um pedido de divórcio no mínimo insólito: uma mulher decidiu separar-se porque o marido fazia tudo em casa.

A mulher já foi identificada: é egípcia, chama-se Samar M., e tem 28 anos.

Segundo conta o jornal Extra, a mulher pediu o divórcio apenas duas semanas depois do casamento, alegando que o marido fazia todas as atividades domésticas, e não permitia que ela participe em nada, como se ela estivesse “num hotel dentro da própria casa”.

A notícia foi avançada, há uma semana, pelo jornal local Masrawy.

O casal mora na cidade de Nova Cairo, na região metropolitana do Cairo, no Egito. Samar revela que o companheiro, Mohammed S., de 31 anos, não lhe dá “liberdade para agir” e que, apesar de terem um bom relacionamento como namorados, ela odiou viver com ele diariamente. Assim decidiu por fim a uma história de amor que durou dois anos.

A mulher revelou ainda que, além de lavar, passar, e cozinhar, o homem mudava os móveis de lugar constantemente, principalmente a televisão, sem que ela possa ajudar, ou sequer ter opinião.

Depois de recorrer ao tribunal de família para dar andamento ao processo de separação, a esposa espera que a sua reivindicação pelo “khula”, que permite o divórcio às mulheres islâmicas, seja aprovado.

Neste caso, ela vai ter que devolver o “dote”, oferecido pela família do noivo no casamento.

COMENTÁRIOS

To Top