Segue-nos

Famosos

Inês Herédia celebra 6 meses do nascimento dos filhos

A actriz revela os seus principais medos em relação ao futuro de Luís e Tomás

Publicado

em

Inês Herédia / Instagram

Esta quinta-feira, dia 27, Luís e Tomás, filhos de Inês Herédia e de Gabriela Sobral, comemoram 6 meses de vida.

A actriz quis assinalar a data especial com uma publicação no seu Instagram, onde surge com os gémeos ao colo, 30 minutos após o seu nascimento.

Foi há 6 meses que fiz 29 anos e recebi os dois melhores presentes do mundo, exactamente à mesma hora que nasci. Esta fotografia foi tirada 30 minutos depois deles nascerem, a minha broa da epidural é evidente, mas o facto é que sinto que a cada hora que passa vivo cada vez mais esta overdose. Que no fim, no princípio e a toda a hora, nada mais interessa”, sublinha.

Apesar de ainda serem muito pequenos, a verdade é que Inês Herédia já revela alguns receios relativamente ao futuro dos filhos. E na mesma publicação, faz uma reflexão sobre as suas angústias.

Hoje as minhas preocupações prendem-se só em garantir que este mundo tão incrível em que cresci, ainda cá esteja para eles. Que eles possam mergulhar e ver a cor de um coral, nadar em praias limpas, ir a África e ver os animais onde devem estar, em liberdade. Que conheçam tudo o que conheci, sem ser só pelos livros. Preocupa-me apenas que a nossa geração não os prive da natureza, da pureza, da paisagem, do silêncio. Que a tecnologia e o trabalho nunca os faça escravos, que sejam tolerantes com todos os que se cruzarem no caminho deles, e que se riam até se engasgarem como fazem agora, até aos 100 anos. A fotografia do lado, são eles hoje de manhã”.

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING