Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Indignada, Ana Galvão expõe situação em aeroporto: “Bravo TAP por deixar pendurados os vossos clientes…”

Ana Galvão mostrou-se indignada com o serviço prestado pela companhia aérea portuguesa…

Publicado

em

Indignada, Ana Galvão expõe situação em aeroporto: “Bravo TAP por deixar pendurados os vossos clientes…”
Ana Galvão/Instagram

Ana Galvão tem estado de férias nos últimos dias, na companhia do filho, Pedro, de 13 anos, e alguns elementos da família. A locutora de rádio usou a sua conta de Instagram, na noite desta quinta-feira, 13 de abril, para expor a situação que viveu com a companhia aérea TAP, no Aeroporto de Orly, em Paris, onde se encontra.

Ana Galvão explicou que o avião “não descolou por razões de segurança” no entanto nenhum dos passageiros foi informado daquilo que iria acontecer perante este constrangimento.

PUBLICIDADE

“Nossa “querida” TAP teve um problema técnico no avião que nos (meu filho, sobrinhos, mãe deles e eu) iria levar de Paris a Lisboa. O avião não descolou por razões de segurança (totalmente entendível) só que no aeroporto de Orly ninguém informa, ninguém esclarece que é feito da vida destes passageiros todos. Há crianças, gente cansada, e enfim, todas as pessoas que pagaram um bilhete e contavam com a viagem, e a quem, perante este constrangimento a TAP não está a resolver a vida”, começou por partilhar.

A companheira de Inês Lopes Gonçalves e Joana Marques no programa ‘Extremamente Desagradável’ contou ainda aquilo que lhes foi dito por uma funcionária da referida companhia aérea, mostrando-se desagradada com o atendimento.

“(…) Entretanto veio um senhor dizer num microfone “quem tiver casa aqui que vá para lá” quem não, que espere UMA HORA que já vamos dizer o que vai acontecer. Bravo TAP por desatender e deixar pendurados, desta forma, os vossos clientes”.

PUBLICIDADE

Horas mais tarde, Ana Galvão deu ‘novidades’. A locutora de rádio revelou que lhes foi dito qual o horário do próximo voo para Lisboa no entanto deu conta de que ainda não lhes foi arranjado hotel para pernoitarem.

“Estou na aeroporto de Orly já há muitas horas, tinha um voo marcado para Lisboa do regresso das nossas férias (…) ainda estamos à espera de um hotel para ficar porque o nosso próximo voo onde podemos ir para Lisboa é só às 14h40 de amanhã (…). Não temos onde dormir, não nos desenrascaram ainda um sítio para dormir, a nossa vida está em suspenso neste momento”.

,

TRENDING