Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Hugo Strada quebra silêncio após escândalo: “Se não fosse a minha mulher, já não estava cá…”

PUBLICIDADE

Em entrevista com Manuel Luís Goucha, Hugo Strada apresentou a sua versão dos factos sobre os indícios de pedofilia e crimes sexuais de que foi alvo…

Publicado

em

Goucha TVI/Instagram

Esta terça-feira, dia 29 de junho, foi emitida no programa ‘Goucha’ a conversa de Manuel Luís Goucha com Hugo Strada, no seguimento das acusações feitas ao youtuber de se aproveitar sexualmente e financeiramente de menores que pertenciam à Team Strada, que Hugo criou com o intuito de potenciar os sonhos dos mais novos.

PUBLICIDADE

O caso rebentou em 2019, quando um jovem beijou Hugo Strada nos lábios aquando da participação da Team Strada no programa ‘Curto Circuito’ da SIC Radical. Seguiram-se várias acusações, o youtuber foi indiciado de pedofilia e outros crimes sexuais e isso levou à abertura de um inquérito por parte do Ministério Público e da Procuradoria-Geral da República, que culminou no arquivamento no dia 20 de maio por falta de provas.

Nunca houve comportamentos excessivos, houve comportamentos deturpados. A Team Strada neste momento está parada, mas há pessoas que ainda trabalham comigo. A luta travada durante estes dois anos foi pesada para mim e para os jovens que faziam parte da equipa“, explica Hugo Strada.

Numa entrevista em que apresentou a sua versão dos factos, após o arquivamento do caso, Hugo Strada confessou o que perdeu nos últimos dois anos: “[Perdi] a esperança! Passei a ser olhado de lado, fui vetado em todo o lado, lancei duas músicas, ninguém me quer na televisão a atuar, eu sou tabu! Eu senti efetivamente o que é censura, o que é ser posto à parte por uma coisa que eu não fiz. Perdi um pouco a esperança… Eu abri os Telejornais por coisas que eu não fiz“.

Alegando ter existido manipulação de imagens, Hugo Strada também abriu o coração sobre como tem sido a sua vida nos últimos dois anos, até ser conhecida a decisão: “É difícil explicar […] Posso-lhe dizer que acordar todos os dias é horrível. Para já, tenho muita responsabilidade acima de mim, tenho muita gente a meu cargo, muita gente que precisa de mim para se mexer para os motivar, tenho mais de 30 agenciados, não fiquei com menos gente, fiquei com mais gente, criei mais projetos, continuei a trabalhar, simplesmente escondi-me para conseguir trabalhar em paz“.

PUBLICIDADE

Se não fosse a minha mulher, já não estava cá! Tinha desistido da vida!“, revela Hugo Strada, que não tem dúvidas que “acabaram” consigo nos últimos dois anos.

Veja os vídeos aqui e aqui.

Escrevo sobre tudo e em qualquer circunstância. Movo-me pela vontade de contar histórias e adoro escrever sobre a televisão, os reality shows e os famosos, entre muitas outras coisas...

COMENTÁRIOS

TRENDING