Segue-nos
PUBLICIDADE

Vida

Hospedeira salva menina de 14 anos vítima de tráfico humano

PUBLICIDADE

Publicado

em

Uma hospedeira de bordo salvou uma menina, vítima de tráfico de seres humanos, depois de ter visto a adolescente sentada num avião, com aspecto suspeito, que deixou uma nota para ela na casa de banho.

PUBLICIDADE

Shelia Fedrick, de 49 anos, estava a trabalhar num vôo da Alaska Airlines, de Seattle para São Francisco, nos Estados Unidos, quando notou que uma adolescente, que acreditava ter 14 ou 15 anos, sentada no assento da janela, ao lado de um homem mais velho, e bem vestido, relatou a NBC.

Fedrick disse que a vítima estava mal vestida, tinha cabelos louros com mau aspecto, e que lhe parecia que ela “não estava bem”. Foi o contraste entre os dois que levantou as suspeitas.

Quando a hospedeira falou com os dois passageiros, a menina não olhava nem falava para ela, e apenas o homem respondia.

O agressor ficou na defensiva quando a hospedeira tentou conversar com ele. A hospedeira, desconfiada, fez com que a menina fosse à casa de banho, onde deixou uma nota no espelho.

PUBLICIDADE

“Ela escreveu que precisava de ajuda”, disse Fedrick.

A hospedeira informou imediatamente o piloto sobre a situação, que entrou em contacto com a polícia, que esperou o homem no terminal quando o avião pousou, prendendo-o.

“Sou hospedeira de bordo há 10 anos, e isto fez com que me sentisse que estava de volta à altura em que me formei”.

PUBLICIDADE

Fedrick diz que mantém contacto com a menina que salvou, e que agora está a frequentar a faculdade.

Os comissários de bordo estão agora a receber indicações sobre como identificar tráfico de seres humanos, como parte da sua formação, informou a airlineamb.org.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING