Segue-nos

Mundo

Homens do lixo criaram biblioteca com livros que as pessoas deitam fora

Publicado

em

Uma biblioteca em Ankara, na Turquia, dá um novo significado à noção de que os livros são intemporais.

Os coletores de lixo na capital turca abriram uma biblioteca pública, composta inteiramente de livros cijo destino era um aterro sanitário.

A biblioteca, localizada no distrito de Çankaya, em Ancara, foi fundada depois de os trabalhadores de saneamento terem começado a recolher, e colecionar, livros deitados fora pelos habitantes locais.

Durante meses, os homens do lixo coleccionaram livros abandonados. À medida que a palavra se espalhava, os moradores também começaram a doar livros diretamente.

Inicialmente, os livros eram apenas para os funcionários e suas famílias. Mas à medida que a coleção crescia, e o interesse se espalhava por toda a comunidade, a biblioteca foi aberta ao público em setembro do ano passado.

“Começámos a discutir a ideia de criar uma biblioteca a partir destes livros. E quando todos apoiaram, este projeto aconteceu”, disse o intendente de Çankaya, Alper Tasdelen, cujo governo local supervisionou a abertura da biblioteca, como conta a CNN.

Hoje, a biblioteca tem mais de 6.000 livros, que vão desde a literatura até a não-ficção. Há também uma seção infantil, e uma secção inteira para pesquisa científica.

A biblioteca fica alojada numa fábrica de tijolos abandonada, na sede do departamento de saneamento. Com uma fachada antiga de tijolos, e longos corredores, o espaço era ideal para uma biblioteca.

Os livros são emprestados durante duas semanas, prazo que pode ser estendido se necessário.

“Por um lado, havia aqueles que estavam a deixar os livros nas ruas. Por outro lado, outros estavam à procura desses livros”.

A coleção cresceu tanto, que a biblioteca agora empresta os livros recuperados a escolas, programas educacionais e até prisões.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING