Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Grávida, Andreia Rodrigues revela: “Vivo as maiores dúvidas e a maior certeza…”

PUBLICIDADE

Grávida da segunda filha, Andreia Rodrigues fez uma reflexão sobre a gravidez e a maternidade…

Publicado

em

Por

Andreia Rodrigues | Instagram

Andreia Rodrigues vive dias felizes. Depois de ter sido mãe há cerca de dois anos da pequena Alice, a apresentadora da SIC anunciou que estava à espera da segunda filha, fruto da relação com Daniel Oliveira.

PUBLICIDADE

Esta quinta-feira, 8 de outubro, Andreia Rodrigues recorreu às redes sociais para partilhar um longo texto, onde reflete sobre a gravidez e a maternidade.

“A maternidade! Um caminho que se faz todos os dias, onde nos desafiamos a cada instante. Na maternidade vivo as maiores dúvidas e a maior certeza: é um amor maior, para a vida!”, começa por declarar.

“Quando me tornei mãe da Alice sabia a mãe que gostava de ser, mas a maternidade é uma descoberta constante, os primeiros tempos são avassaladores, dão-nos o mais duro e o mais incrível, trazem-nos os maiores medos e os sonhos mais bonitos…levam-nos ao limite da exaustão e dão-nos ao mesmo tempo uma força que desconhecemos. É essencial aceitar que não somos super mulheres e não temos de o ser, até porque esse é um fardo demasiado pesado”, prossegue Andreia Rodrigues.

“Tal como uma árvore, a maternidade não tem apenas um caminho, é uma constante criação e procura, um crescimento diário, uma tentativa erro de fazer melhor…e haverá sempre uma aprendizagem, os caminhos que percorremos dão-nos sempre algo, só é preciso estarmos atentas e fazermos o melhor que sabemos e podemos, nutrirmos esse caminho com amor, de coração aberto, sem julgamentos e consciência sobre nós e o nosso bebé. Aceitar que há partes de nós que não serão iguais, algumas ficarão para trás, serão cortadas do presente, mas continuarão a fazer parte de quem somos, para que outras ganhem flor, força e vitalidade”, declara ainda a esposa de Daniel Oliveira.

PUBLICIDADE

“Ser mãe é aceitar que as raízes são o nosso suporte mas que devemos descobrir-nos com compaixão, dando tempo ao tempo, aceitar a nossa perfeita imperfeição, as nossas fragilidades – e partilhá-las – é aí que a vida acontece, é nas ramificações da vida que crescemos, florescemos e nos tornamos mais completas, seguras e humanas. Agora que espero mais uma bebé, sei que o instinto estará lá, que é essencial procurar os raios de sol nos momentos mais cinzentos e sei que não será fácil, que terei de cuidar de mim para cuidar delas, ser mulher para poder ser mãe, e é por isso que sei que o caminho continuará a ser incrível! Na minha tão humana imperfeição serei o melhor que puder ser…porque quando há amor, em nós e à nossa volta, temos o nutriente essencial para superar os desafios da maternidade e aceitar todas as suas cores! 💗 📸”, conclui.

Ora veja:

View this post on Instagram

A maternidade! Um caminho que se faz todos os dias, onde nos desafiamos a cada instante. Na maternidade vivo as maiores dúvidas e a maior certeza: é um amor maior, para a vida! Quando me tornei mãe da Alice sabia a mãe que gostava de ser, mas a maternidade é uma descoberta constante, os primeiros tempos são avassaladores, dão-nos o mais duro e o mais incrível, trazem-nos os maiores medos e os sonhos mais bonitos…levam-nos ao limite da exaustão e dão-nos ao mesmo tempo uma força que desconhecemos. É essencial aceitar que não somos super mulheres e não temos de o ser, até porque esse é um fardo demasiado pesado. Tal como uma árvore, a maternidade não tem apenas um caminho, é uma constante criação e procura, um crescimento diário, uma tentativa erro de fazer melhor…e haverá sempre uma aprendizagem, os caminhos que percorremos dão-nos sempre algo, só é preciso estarmos atentas e fazermos o melhor que sabemos e podemos, nutrirmos esse caminho com amor, de coração aberto, sem julgamentos e consciência sobre nós e o nosso bebé. Aceitar que há partes de nós que não serão iguais, algumas ficarão para trás, serão cortadas do presente, mas continuarão a fazer parte de quem somos, para que outras ganhem flor, força e vitalidade. Ser mãe é aceitar que as raízes são o nosso suporte mas que devemos descobrir-nos com compaixão, dando tempo ao tempo, aceitar a nossa perfeita imperfeição, as nossas fragilidades – e partilhá-las – é aí que a vida acontece, é nas ramificações da vida que crescemos, florescemos e nos tornamos mais completas, seguras e humanas. Agora que espero mais uma bebé, sei que o instinto estará lá, que é essencial procurar os raios de sol nos momentos mais cinzentos e sei que não será fácil, que terei de cuidar de mim para cuidar delas, ser mulher para poder ser mãe, e é por isso que sei que o caminho continuará a ser incrível! Na minha tão humana imperfeição serei o melhor que puder ser…porque quando há amor, em nós e à nossa volta, temos o nutriente essencial para superar os desafios da maternidade e aceitar todas as suas cores! 💗 📸 @love.is.my.favorite.color

A post shared by Andreia Rodrigues (@andreiarodriguesoficial) on

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING