Segue-nos
PUBLICIDADE

Televisão

Gouveia e Melo: “Uma hora de vida de um idoso é menos importante do que de um jovem?”

PUBLICIDADE

“Que raio de ética é a nossa”, confessou o líder da task-force da vacinação contra a Covid-19…

Publicado

em

Por

Reproduções/Redes sociais

Gouveia e Melo, o vice-almirante que liderou a task-force de vacinação contra a Covid-19, é o convidado de Daniel Oliveira para o “Alta Definição” do próximo sábado, 4 de dezembro, numa conversa que promete emoções fortes.

PUBLICIDADE

O diretor de programas da SIC partilhou ontem um excerto da conversa e na legenda da publicação escreveu: ““Uma hora de vida de um idoso é menos importante do que uma hora de vida de um jovem? Porquê? Com base em que ética? Todas as horas de vida são importantes. A pessoa deve ter dignidade enquanto vive”, Henrique Gouveia e Melo, num testemunho poderoso. Este sábado às 14h no Alta Definição, na @sicoficial”, pode ler-se.

O vice-almirante critica quem pensa que uma hora na vida de um idoso é menos importante que a de um jovem: “Muitas vezes, nós pensamos, pronto, senhor é idoso, morreu com 80 anos. E há uma ideia subjacente a isto muito má, que é: uma hora de vida de um idoso é menos importante do que uma hora de vida de um jovem? Porquê? Com base em que ética? Todas as horas de vida são importantes”, começa por explicar.

“A pessoa deve ter dignidade enquanto vive, deve ter direito à sua vida. Não podemos relativizar isto. Porque morrem os idosos porque iam morrer de qualquer maneira. Que raio de ética ou de moral é a nossa se começarmos a pensar assim?“, confessa Gouveia e Melo.

Veja aqui:

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING