Segue-nos

Animais

Gato chamado “Baby” ataca e arranha sete cães pitbull que passavam em frente ao seu jardim

O gato, chamado “Baby” tem artrite e problemas para andar, mas nem isso o impediu de, com as suas patas, arranhar a cara e os olhos de um dos pit-bull…

Publicado

em

Na passada segunda-feira um gato com 16 anos de idade atacou violentamente sete cães de raça pit-bull, que passavam em frente ao seu quintal em Victoria, no Canadá.

O gato, chamado “Baby” tem artrite e problemas para andar, mas nem isso o impediu de, com as suas patas, arranhar a cara e os olhos de um dos pit-bull, bem como ferir o proprietário de outro pit-bull Kyla Grover, de tal forma que esta teve que receber tratamento hospitalar.

Uma cadela chamada Bandida agarrou o gato, segurando-o a fim de defender-se, mas nenhum dos pitbulls restantes reagiram.

old-cat-attacks-7-pit-bulls-baby-canada-5

“Eu perguntei ao proprietário se o gato estava bem, e ele disse-me que sim. O gato não tinha sequer um arranhão.” disse a proprietária da Bandida, Javiera Rodriguez.

Felizmente, arranhões da Bandida não eram muito graves, mas, desde o ataque, ela tem sido menos brincalhona.

old-cat-attacks-7-pit-bulls-baby-canada-1

Grover teve de levar uma vacina anti-tétano e antibióticos num hospital.

Os proprietários do gato pediram desculpas no dia seguinte e pagaram os 222$ conta do veterinário de Bandida.

“Eu não quero que nada aconteça com o gato, eu não quero que ele seja colocado abatido.”

old-cat-attacks-7-pit-bulls-baby-canada-2

“Quando os proprietários de cães têm um cão agressivo, são obrigados a colocar um sinal, e que o cão tem que estar preso por uma trela em todos os momentos. Eu não entendo por que não acontece o mesmo com os gatos”.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING