Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Fundador da Cerveja Corona deixou 2 milhões a cada habitante de vila espanhola

PUBLICIDADE

Publicado

em

O fundador da marca de Cerveja Corona, uma das mais conhecidas do mundo, fez com que os 80 habitantes da pequena vila em que nasceu ficassem milionários do dia para a noite.

PUBLICIDADE

Antonino Fernández decidiu incluir todos os moradores da pequena vila espanhola de Cerezales del Condado, no seu testamento.

Ele morreu em agosto passado, aos 99 anos, e deixou quase 200 milhões para os seus conterrâneos.  Assim, cada um deve receber uma quantia de cerca de 2 milhões de euros.

Antonino Fernández chegou ao México em 1949, aos 32 anos, e tornou-se o principal nome do Grupo Modelo, responsável pela marca Corona.

Apaixonado por rádio, notícias e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web...

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING