Segue-nos

Big Brother

Frederica Lima ‘arrasa’ após comunicado que confirma conversas de Tatiana e Rúben Boa Nova com o filho

A ex-concorrente reagiu ao comunicado e atirou: “Se o filho precisa de apoio dos pais, porque estão eles no Big Brother?”

Publicado

em

Por

Frederica Lima ‘arrasa’ após comunicado que confirma conversas de Tatiana e Rúben Boa Nova com o filho
Reprodução | Instagram

A polémica gerada pelo “descuido” da produção do “Big Brother” que permitiu que se ouvisse na emissão uma conversa de Tatiana Boa Nova com o filho, o pequeno Lourenço, está a incendiar as redes sociais.

Depois de uma chuva de críticas, a Endemol, produtora do programa da TVI, emitiu um comunicado onde confirmava as conversas do casal com o filho, e garantia que estas eram supervisionadas, como pode recordar aqui.

No entanto, o comunicado da produtora inflamou ainda mais os ânimos nas redes sociais com vários ex-concorrentes a ‘tomar a palavra’ para se pronunciarem sobre o tema.

Frederica Lima, que saiu do programa há duas semanas, não calou a revolta e confessa que a produtora está a prejudicar os outros concorrentes.

“O que a malta quer saber é… Sanção? Expulsão? Se algo se passou com a saúde do filho, todos compreendemos e aceitamos, um deles ou ambos desistem do programa e vão tomar conta do filho. Que atitude vai tomar a TVI?”, começa por escrever.

“Vamos fingir que num jogo de muitas emoções, saudades, mexer com o psicológico e privação de qualquer contacto com o exterior.. Quando o que é mais perturbador num registo como um Big Brother é o desconhecido, o não saber da Família, não saber como estão os nossos, as saudades dos filhos, as saudades das vozes deles, é isso que nos consome e desiquilibra lá dentro! É isso que nos cria a instabilidade emocional, que nos deixa o sistema nervoso todo baralhado e nos leva a perder o controlo. Será por isso que os Boa Nova estavam tranquilitos e a levar o BB como umas férias? Gosto muito deles mas isto é inadmissível”, pode ler-se ainda.

“Há dois concorrentes que mantém frequente contacto com o filho (obvio que é importante para qualquer filho mas isso é uma vantagem enorme no jogo, pois dá uma força anímica brutal, uma estabilidade emocional e privilégios que os outros não têm. Excepto, pelo menos, a Diana, que já assumiu que consegue falar com o seu filho “Sol””, confessa.

“Se o filho precisa de apoio dos pais, porque estão eles no Big Brother? Porque entraram os dois? Porque não sai um deles para cuidar do filho? Contacto frequente do início ao fim do programa é absurdo e uma ofensa para com todos os outros concorrentes e familiares”, escreve ainda Frederica Lima.

“As regras são para cumprir. Os restantes não podem nem merecem ficar prejudicados, nomeadamente aqueles que todos os dias choram com saudades, com a dor de não saberem como estão os seus filhos enquanto há quem esteja tranquilo na casa porque tem o conforto de poder ouvir os seus. Não é justo. Estou curiosa para saber como é que a TVI e a Endemol vão igualar os direitos dos concorrentes da casa visto que hoje ficou provado que sim, há privilegiados”, concluiu.

Veja aqui:

COMENTÁRIOS

TRENDING