Segue-nos

Famosos

Fernando Pereira diz que Leandro foi arrogante

A polémica continua em ‘A Tua Cara não Me é Estranha’…

Publicado

em

Fernando Pereira / Instagram

Leandro bateu com a porta e desistiu de ‘A Tua Cara não Me é Estranha‘, da TVI.

O cantor fez duras críticas aos jurados Rita Pereira e Fernando Pereira, acusando-os de favoritismo e de estarem contra ele.

Depois de tanta polémica, Fernando Pereira quebrou o silêncio e reagiu aos acontecimentos dizendo que Leandro “foi arrogante”, acrescentando que teve “falta de fairplay”.

O presidente do júri do programa da TVI emitiu um comunicado à revista ‘Maria’, no qual lamenta o comportamento de Leandro e recusa as “teorias de conspiração”.

“Aquilo que o Leandro pensa e diz, é exclusivamente da sua cabeça e interpretação. Ainda não entendi onde ele foi buscar essas ideias e teorias de conspiração e também não vou perder muito tempo com isso, porque não vale mesmo a pena. Pela parte que me toca, pessoalmente, sempre tentei apoiar e ajudá-lo, como faço de resto com todos os outros, pois o nível de camaradagem no programa, mesmo entre jurados e concorrentes, é fantástico. Pelos vistos, só o Leandro acha que não e que tudo está contra ele”, começa por dizer Fernando Pereira.

Mais à frente, o jurado lamenta o sucedido e elogia o programa:

“Sinceramente, não me parece que ninguém seja prejudicado ou beneficiado. As regras de pontuação do programa são como são, desde sempre, tem gente ali com imenso talento para interpretar outros cantores e não podemos estar a inventar agora regras novas ou especiais, apenas para o Leandro. Tenho muita pena, pois o programa é fantástico, a produção é excelente, o ambiente entre todos também e esta cena do Leandro, quanto a mim, só faz sentido na cabeça dele.”

A finalizar o seu comunicado, Fernando Pereira fala em “arrogância” quando se refere a Leandro e deseja-lhe tudo de bom:

“É sem dúvida um cantor de grande sucesso, tem imensos fãs que o seguem e gostam do seu trabalho, uma carreira pela frente, não tinha necessidade nenhuma de se colocar nesta situação, com tanta falta de fair-play e arrogância perante os próprios colegas. É o que realmente sinto, mas não vou alimentar mais conversas sobre isto. A vida continua e eu desejo-lhe sinceramente tudo de bom.”

Sou jornalista desde sempre, diria. Comecei na rádio, no tempo em que ‘explodiram’ as rádios locais. Mais tarde, o ‘bichinho’ do jornalismo regressou e eu voltei, desta vez para as revistas. Trabalhei 11 anos na Media Capital, na revista Lux. Gosto de artistas: actores, actrizes, cantores, gente da televisão… E gosto de escrever sobre eles, de conhecer o seu outro lado. Sou jornalista de formação, tenho a Carteira de Jornalista desde 1993 e isto é o que faço e farei. Para o resto da vida. Provavelmente.

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING