Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Felipa Garnel recorda “susto” quando estava infetada com Covid-19: “Tinha medo de adormecer…”

PUBLICIDADE

Felipa Garnel referiu que, ao medir o seu oxigénio, apanhou “um susto”…

Publicado

em

TVI/Site

Foi no passado dia 6 de janeiro que Felipa Garnel revelou, nas redes sociais, ter testado positivo para a Covid-19, bem como o marido, o médico Nuno Lobo Antunes.

PUBLICIDADE

No post que fez na altura, a antiga diretora de programas da TVI referiu que o companheiro deu positivo para a doença no dia 22 de dezembro e que, só dias depois, também a própria recebeu o resultado positivo.

Ora veja.

Esta sexta-feira, 22 de janeiro, o casal esteve à conversa com Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos no programa “Dois às 10”, e falou sobre os dias em que esteve infetado.

Felipa Garnel contou então que só 14 dias depois do teste positivo do marido, deu positivo também, explicando quais os sintomas que teve:

PUBLICIDADE

“Quando fiquei infetada, estava bem, e andava a cantar de galo (…) até que ao sexto dia começo a ficar cheia de febre, com umas dores de cabeça alucinantes, talvez as piores que eu tenha tido na minha vida e eu tenho enxaquecas”, referiu.

Felipa Garnel contou depois que, a dada altura, decidiu medir a saturação do seu oxigénio, através de um medidor próprio, explicando que “abaixo dos 94 começa a ser preocupante”:

“E eu começo a medir o oxigénio (…) e o meu estava a 91, 92, apanhei um susto porque isso junto a 39 de febre, bom, ligámos ao médico (…) e este disse que se o oxigénio baixasse para 90, eu tinha que ir para o hospital e pronto aqui entra uma fase da doença que é o medo”, admitiu.

PUBLICIDADE

“Eu tinha medo de adormecer e que o meu oxigénio baixasse e que eu tivesse que ser internada”, confessou ainda.

Veja aqui o vídeo na íntegra.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING