Segue-nos

Notícias

Ex-namorados reencontram-se 48 anos depois, e casam em lar de idosos

Publicado

em

“Consegui realizar o que mais queria, que era casar com o homem da minha vida. Senti-me como uma rainha ,em direção ao meu rei…”

As palavras são de Adail de Souza Lima, de 62 anos, que reencontrou o seu amor da adolescência, 48 anos depois: Bonifácio Gonçalves de Faria, de 86 anos.

O reecontro do casal aconteceu no Lar São Vicente de Paulo, em Itapetininga, São Paulo, Brasil. Depois do reencontro decidiram viver juntos e “recuperarem” os anos perdidos em desencontros.

Os dois quiseram selar o amor, e casaram na capela do lar onde vivem, como conta o G1.

Com a ajuda de grupos voluntários, o casal teve direito a uma bonita cerimónia na passada sexta-feira, com igreja decorada, marcha nupcial e muita emoção.

“Foi um dia muito especial. Não tem como não segurar as lágrimas. Eu sempre soube que ele era o homem da minha vida. Estávamos destinados a ficar juntos”, disse Adail.

A história de amor:

Na época ele tinha 39 anos, e a família de Adail foi completamente contra o relacionamento. Ela só tinha 14 anos de idade. Ele acabou por muda de cidade, e nunca mais se viram.

Embora nenhum se tivesse esquecido do outro, cada um prosseguiu a sua vida. Dona Adail casou e teve três filhos, e o senhor Bonifácio também se casou, e teve um filho.

Com a morte do marido ela acabou por ir viver com a irmã, e depois foi para um lar de idosos, em Itapetininga, onde mora há dez anos.

O senhor Bonifácio também ficou viúvo e foi levado para o mesmo lar, por um sobrinho, há dois anos.

No local onde finalmente se reencontraram relembraram o amor que tiveram um pelo outro, e que não puderam viver plenamente, e começaram a namorar imediatamente.

Seis meses depois do reencontro, eles contaram aos funcionários que queriam oficializar a união, e todos começaram a ajudar para esta bela festa.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING