Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Esta mãe não quer que a filha faça trabalhos de casa, e a explicação ficou viral

PUBLICIDADE

Publicado

em

Bunmi Laditan decidiu enviar um email para a escola da filha, para informar os professores que ela não faria mais trabalhos de casa. A explicação foi postada no Facebook, e rapidamente ficou viral.

PUBLICIDADE

Quando a filha de Bunmi, com apenas 10 anos, começou a ter ataques de ansiedade, e a acordar de madrugada com dores no peito preocupada com os trabalhos, a mãe decidiu que precisava fazer alguma coisa.

A mãe acredita que a filha estava sobrecarregada com os TPC’s, e enviou um email aos professores a informar que Maya não faria mais as os trabalhos de casa, porque “precisava de tempo para brincar, e relaxar”.

Ela explica que a filha adora aprender, e lê “10 a 12 livros por ano”, e regularmente pesquisa coisas que lhe interessam.

Além disso, ela tem várias atividades extracurriculares, incluindo aulas de programação, e pintura.

PUBLICIDADE

“Nos últimos anos eu tenho notado que ela fica cada vez mais stressada, quando se trata de escola”, escreveu Laditan. “E, por stressado, quero dizer dores no peito, acordar cedo, e temer a escola em geral.”

Bunmi, que vive no Canadá, publicou este texto no Facebook, onde desabafa sobre a situação. A maioria apoia a decisão de Bunmi, concordando que muitas escolas exageram nos trabalhos de casa que exigem cada vez mais das crianças.

PUBLICIDADE

Esta decisão da mãe, que é polémica, já é tomada por várias escolas. A Orchard Elementary School, de Vermont, nos Estados Unidos, é uma das escolas que já adotou o sistema “no homework” (sem trabalhos de casa) para crianças do jardim de infância, e até ao quinto ano.

O objetivo principal é incentivar a leitura e a brincadeira entre os mais pequenos, fazendo com que tenham infância, e criem memórias.

De acordo com os pais, os índices de leitura entre os filhos aumentaram significativamente desde que as lições de casa acabaram.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING