Segue-nos

Vida

Escola troca castigos por meditação, e o resultado é fascinante

Publicado

em

A escola “Robert W. Coleman”, em Baltimore, nos Estados Unidos, conseguiu um caso singular de sucesso com uma uma medida simples: nesta escola não há castigos.

Sim, isso mesmo. Em vez disso, eles têm uma sala a que chamaram “Mindful Moment Room” (Sala do momento de consciencialização), que é um “oásis de calma” brilhantemente colorido.

Se um aluno se comportar mal dentro da sala de aulas, a da maioria dos professores é ameaçá-lo com castigos e punições, a fim de fazê-lo parar.

O aluno, cheio de energia, é normalmente punido a não produzir nada, ou não reflectir sobre o que fez.

A ideia da escola é convidar os alunos a reflectir, acalmar, e literalmente meditar. Em vez de uma sala normal, e vazia, vão para uma salda decorada, na qual o aluno faz exercícios de respiração e meditação, para que possa reflectir e, por fim, falar sobre o que aconteceu.

“Os pais comentam que de vez em quando estão stressados em casa, e os filhos convidam-nos a sentar, acalmar e respirar”, afirmou Andres Gonzales, da fundação Holistic Life, parceira da escola no projeto.

.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING