Segue-nos

Mundo

Escola cria a “mesa da partilha” para acabar com a fome entre os estudantes, e não só

Publicado

em

Algumas escolas nos Estados Unidos arranjaram uma forma criativa de fazer com os miúdos comam: criaram a “mesa da partilha”.

Qualquer pai sabe que a hora da refeição pode ser um martírio. Por mais criativos que sejamos, os miúdos podem ser teimosos e, simplesmente, insistirem em não comer quando a refeição vem para a mesa! E quando se fala em vegetais, pior fica o cenário…

E o que mais nos parte o coração, às vezes, é percebermos na quantidade de comida fabulosa que acaba no lixo…

Felizmente, muitas das escolas nos Estados Unidos, tiveram a ideia brilhante de permitirem que os alunos escolham o que querem comer, ao mesmo tempo que ajudam outras crianças do mundo que passam fome… Ou seja, mediante aquilo que lhes é dado pela escola ao almoço, podem colocar na mesa partilhada o que não querem. Brilhante, não?

A ideia consiste, então, numa mesa que as próprias escolas montam, onde as crianças deixam embalagens de produtos que não gostam ,ou que não querem – como sumos e fruta, por exemplo – para que outras crianças da própria escola, e que não tenham possibilidades, possam delas desfrutar.

No final do dia, o que sobrar é enviado para os países carenciados, através de organizações não-governamentais e bancos alimentares.

Até agora, Florida parece ser o Estado que lidera a iniciativa, com 20 escolas a participarem, na região de Orange County, segunda conta o Orange Sentinel (http://www.orlandosentinel.com/features/education/school-zone/os-school-lunches-share-table-donations-waste-20171108-story.html). Uma dessas escolas é a Aloma Elementary School, que doa as sobras do dia a uma igreja, a Redeemer Lutheran Church.

“Com este programa conseguimos uma ajuda fantástica. Esta é uma medida brilhante, porque, caso contrário, a comida iria para o lixo”, referiu o Pastor Stan Reinemund, em declarações ao Orlando Sentinel.

Nos Estados Unidos, quando as crianças vão para a fila de almoço, é-lhes colocada uma dose específica de comida que, muitas vezes, é demasiada para elas, acabando por ir para o lixo. Por lei, a comida que é servida não pode ser servida de novo. Com esta medida, evita-se que vá parar, então, ao lixo.

A iniciativa tem tido um feedback bastante positivo junto dos pais, dos professores e todos os membros da escola.

“Esta medida é simplesmente fantástica porque poder ajudar outros alunos, ou servir a comunidade”, refere Linda Kolbert, membro do conselho escolar.

Uma iniciativa fantástica que podia ser adotada em Portugal! Partilha com os teus amigos e, quiçá, um dia será!

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING