Vida

Era vítima de bullying por ter manchas na pele, e agora usa o corpo para fazer obras de arte

Ash Soto foi diagnosticada com vitiligo quando tinha 12 anos. Como o vitiligo começou a espalhar-se por toda a pele, ela começou a sentir vergonha, especialmente depois de uma menina lhe perguntar se ela tinha tomado banho com lixívia.

Agora, aos 21 anos, não só não está envergonhada, como aceita a sua condição, e faz disso uma tela para criar verdadeiras obras de arte.

Na adolescência, Soto decidiu que não deixaria a sua pele não a ia impedir de fazer o que queria,  e então ela começou a definir desafios diários, como andar em público sem camisolas de manga comprida.

Eventualmente, foram estes desafios que levaram Soto a transformar agora o corpo nesta belíssima arte.

“Eu nunca percebi o quão bonito o meu vitiligo era, até que eu tracei com um marcador preto, que realmente ajuda a realçar as diferentes cores da minha pele”, disse Soto.

Agora, ela fez o corpo se parecer com peças de arte diferentes, incluindo a Noite Estrelada de Van Gogh, e ela não vai parar…

“Agora, o que os outros percebem que com uma imperfeição eu fiz algo mais bonito, e o tornei mais aceite, não vou parar…”

Segue-a aqui: Instagram ( h / t )

COMENTÁRIOS

To Top