Segue-nos
PUBLICIDADE

Mundo

Enfermeiras de bata “perseguidas” em supermercado: “Até ameaçou chamar a polícia…”

PUBLICIDADE

Uma mulher acusou as enfermeira de estarem a “espalhar o vírus” e ameaçou chamar a polícia…

Publicado

em

Por

Reproduções | Redes sociais

Duas enfermeiras que usavam máscaras e batas foram insultadas por uma mulher quando se encontravam num supermercado. A mulher em questão acusava-as de estarem a “espalhar” o novo coronavírus.

PUBLICIDADE

Este comportamento de muita tensão vive-se em plena pandemia de coronavírus que continua a fazer vítimas nos Estados Unidos. Agora foi pedido aos enfermeiros que combatem na linha da frente deste vírus mortal que não usem os seus uniformes fora do trabalho, para não serem «acusados» na rua, como conta o The Sun.

As imagens foram captadas numa loja em Palm Bay, na Flórida, e as mesmas já foram visualizadas milhares de vezes nas redes sociais.

No vídeo podemos ouvir a mulher a ameaçar chamar a polícia, enquanto as enfermeiras lhe tentam explicar que não trabalham no hospital, mas sim numa loja de aparelhos auditivos. Tal informação parece não ter feito qualquer diferença, já que a mulher continuava a gritar com as enfermeiras por usarem bata no supermercado.

Veja o video:

PUBLICIDADE

Julian Roberts, uma das enfermeiras confrontadas, disse à FOX35: “Quando estávamos numa das secções ele veio até nós e começou a dizer que não é certo usar batas no supermercado e que estávamos a espalhar o vírus”.

Julian lembra ainda a forma como a mulher as ameaçou, dizendo que chamava a polícia por a estarem a filmar, até que o gerente da loja interveio e pediu a ambas as partes para se colocarem em diferentes locais da loja.

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING