Segue-nos

Famosos

Emoção! Irmã de Fanny Rodrigues abre coração após morte dos gémeos: “Estive dezoito minutos com eles…”

PUBLICIDADE

Carina Rodrigues revelou detalhes sobre a morte dos gémeos após o nascimento prematuro…

Publicado

em

Por

Emoção! Irmã de Fanny Rodrigues abre coração após morte dos gémeos: “Estive dezoito minutos com eles…”
Reproduções | Redes sociais

Carina Rodrigues, irmã mais nova de Fanny Rodrigues, foi a convidada do “Dois às 10” da TVI na manhã desta quarta-feira, 3 de agosto, e numa conversa carregada de emoção acabou por revelar todos os detalhes do parto dos filhos gémeos que acabaram por não resistir e morrer minutos depois de terem vindo ao mundo.

PUBLICIDADE

A irmã da apresentadora da TVI confessou-se perante Cládio Ramos e Maria Botelho Moniz, e revelou todo o processo que aconteceu aos 6 meses de gravidez: “No inicio de maio fiz uma ecografia em que se apercebem que eu queixava-me de muitas dores nas costas, e eu comecei a ter muitos inchaços nas pernas”, começa por explicar.

PUBLICIDADE

“Apercebemo-nos que o Delman está a fazer pressão no meu rim direito, em que o canal está a dilatar e cria mais possibilidades para uma infeção urinária… Logo aí comecei a tomar medicamentos para prevenir o caso”, revelou ainda Carina Rodrigues.

A jovem revelou ainda que no dia 3 de maio foi detetada uma bactéria que acabou por matar os filhos: “Estou eu fazer a minha vida como costume. Na quinta-feira, não tinha tido sinais de nada, sem ser o que depois me apercebi o que era. Na quinta-feira à tarde, sem eu saber tive assim uns corrimentos”, explicar.

“Na sexta-feira, dia 13 de maio, quando me levanto senti-os as mexer. Quando meu deito na sala, eram 10h28. Comecei a sentir uma pressão em baixo da barriga. E eu ‘Alto, que está aqui alguma coisa que não está bem’. Às 10h53, decido ligar às urgências”, confessou ainda Carina Rodrigues que revela depois: “Eu senti que naquele momento não os ia perder, eu só senti que algo não estava bem”.

PUBLICIDADE

A irmã de Fanny Rodrigues confessou depois: “E quando eu desço as escadas com muita dificuldade, entrei no carro com muita dificuldade. A única coisa que eu pedia era ‘esqueçam de mim, eu não existo. Eles é que são o futuro, eu já não sou nada’”, lembra.

Mais à frente na conversa emotiva, Carina Rodrigues revela que ficou com os filhos 18 minutos, primeiro com Enzell e dois dias depois com Delman: “E quando o meu filho estica a mãozinha, eu falei para ele, cantei para ele. Eu só dizia que ele tinha que ir quando quisesse… Fiquei com ele o tempo todo, até ao fim”, revelou.

Carina revela que dois dias depois da morte do primeiro bebé, acabou por estar também 18 minutos com o segundo filho: “Ele estava bem. O pior era eu. A casa não estava segura, não estava firme […] Eu sentia que não estava a proteger o meu filho. Culpa por causa de uma bactéria que não sei de onde veio, o meu útero não estava a aguentar”, confessou emocionada.

PUBLICIDADE

Veja aqui o vídeo.

COMENTÁRIOS

TRENDING

v