Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Em quarentena, Ana Guiomar partilha reflexão: “Ansiedade, inquietação e medo…”

PUBLICIDADE

“O que estamos a viver agora… na realidade ainda não percebi bem o que é, o que vai ser nem o que aí vem…”, desabafou Ana Guiomar.

Publicado

em

Ana Guiomar/Instagram

Ana Guiomar partilhou esta sexta-feira, 27 de março, um texto, na sua página de Instagram, em jeito de reflexão.

PUBLICIDADE

A atriz publicou uma foto antiga que recebera da mãe, que andou em limpezas, onde surge precisamente ao lado da progenitora e do irmão a “fazer compras” em Lisboa e explicou:

“Era dia 11 de Setembro de 2001, as Torres Gémeas tinham acabado de cair e a minha mãe estava com uma energia estranha. Não percebi a preocupação repentina. Foi lá tão longe, num sítio que eu nem sabia se existia mesmo, com outra língua, porquê estragar um dia de compras e ir já para casa!?”, escreveu.

De seguida, e no mesmo texto, Ana Guiomar fez uma analogia com os dias de hoje, uma vez que estamos a atravessar a pandemia do novo coronavírus:

“O que estamos a viver agora, é outra coisa, na realidade ainda não percebi bem o que é, o que vai ser nem o que aí vem, mas fico muitas vezes com a mesma energia que a minha mãe tinha neste dia”, admitiu, explicando quais são os sentimentos:

PUBLICIDADE

“Ansiedade, inquietação e medo.Por mim, pela família, pelos amigos, pelos mais frágeis, pelo futuro… a ser crescida, mas agora de verdade. Já percebi mãe. 👌”, desabafou.

Vê aqui post completo:

View this post on Instagram

Como metade de Portugal, a minha mãe, anda em limpezas. Arrumamos, limpamos, organizamos, cozinhamos, precisamos de criar rotinas e de nos sentir a mexer. No outro dia, ela, enviou-me esta foto, uma Polaroid tirada por um fotógrafo de rua,num tempo em que vir fazer compras a Lisboa era a melhor coisa do Mundo. No tempo em que eu só queria ser crescida e brincar às cidades. Era dia 11 de Setembro de 2001, as Torres Gêmeas tinham acabado de cair e a minha mãe estava com uma energia estranha. Não percebi a preocupação repentina. Foi lá tão longe, num sítio que eu nem sabia se existia mesmo, com outra língua, porquê estragar um dia de compras e ir já para casa!? O que estamos a viver agora, é outra coisa, na realidade ainda não percebi bem o que é, o que vai ser nem o que aí vem, mas fico muitas vezes com a mesma energia que a minha mãe tinha neste dia. Ansiedade, inquietação e medo.Por mim, pela família, pelos amigos, pelos mais frágeis, pelo futuro… a ser crescida, mas agora de verdade. Já percebi mãe. 👌

A post shared by Ana Guiomar (@anaguiomar.oficial) on

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING