Segue-nos

Desporto

Éder: “O meu pai está preso desde os meus 12 anos”

Publicado

em

De “patinho-feio” a Herói Nacional, em apenas um pontapé. Éder é o homem do momento, mas a vida não tem sido fácil para o avançado do Lille, e da Selecção Nacional, que se transformou em “super-herói” ao apontar o golo solitário com que Portugal derrotou a França na Final do Euro 2016.

Numa entrevista à apresentadora Cristina Ferreira, Éder fala abertamente sobre a sua vida.

“Vim de Bissáu para Portugal com a minha mãe. O meu pai já cá estava. Há uma altura em que o meu pai vai a casa da minha mãe, e acaba por me levar. Fui viver uns tempos com ele. Depois ele meteu-me num colégio, e fiquei durante um ano em Braga. Fiquei muito triste, não achei piada nenhuma”.

O pai está preso há bastante tempo. Acusado do homicídio da mulher, madrasta de Éder, cumpre pena em Inglaterra.

“O meu pai está preso. Desde os meus 12 anos. A minha madrasta faleceu e ele foi acusado de a ter matado.”

A entrevista completa pode ser vista aqui.

.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

Recomendamos




Recomendamos




COMENTÁRIOS

TRENDING