Segue-nos

Famosos

“É triste porque o azedume tomou conta da vida da Maria Vieira […] Gosta de ser falada mas pelo mal”

“Muitos dizem que não é ela, é o marido dela. Mesmo sendo o marido dela, a Maria Vieira não tem voto na matéria?”, questionou Inês Simões…

Publicado

em

Por

“É triste porque o azedume tomou conta da vida da Maria Vieira […] Gosta de ser falada mas pelo mal”
Reprodução/Redes sociais

Manuel Luís Goucha decidiu reagir à acusação de Maria Vieira que, através da rede social Twitter, referiu que o apresentador e Cristina Ferreira “promovem a homossexualidade e a transexualidade” em programas de televisão. Num longo texto, o apresentador não deixou nada por dizer.

Leia também: Manuel Luís Goucha dá (valente) ‘arraso’ a Maria Vieira: “Que pena saber-te feia, azeda…”

As palavras de Manuel Luís Goucha foram alvo de comentário no programa ‘TVI Extra’, transmitido na quarta-feira, 26 de julho. Inês Simões começou por lamentar: “A Maria Vieira já nos tem vindo a brindar com este tipo de comentários e com esta postura de vida. Eu acho que é triste, na verdade, porque acho que o azedume tomou conta da vida da Maria Vieira com estes comentários que ela tem feito e estes ataques diretos, porque ela ataca diretamente as pessoas. À partida não será uma pessoa bem resolvida, porque as pessoas bem resolvidas não têm este tipo de comportamento“.

Não percebo qual o motivo da Maria Vieira, com a carreira que teve, ela é uma belíssima atriz na minha opinião, não percebo o que é que ela ganha ao fazer estes ataques diretamente a determinadas figuras a não ser ser falada. Gosta de ser falada mas pelo mal“, acrescentou.

Inês Simões mencionou também que os “ataques” que Maria Vieira dirige a várias figuras públicas não são “de agora” e, nesse sentido, considerou: “Não sei se realmente lhe parou o morango quando ela foi para o Brasil, porque realmente tem sido constantemente. Eu não vejo nunca a Maria Vieira ligada a uma notícia relacionada com ‘está com um novo desafio profissional na sua carreira’ ou ‘vai fazer algum projeto em Portugal e no Brasil’. Tudo o que eu leio sobre a Maria Vieira são sempre ataques gratuitos a várias figuras do nosso panorama“.

Isto, por exemplo, com o Júlio Isidro, é inacreditável! Júlio Isidro, Manuel Luís e todos os restantes. Não faz sentido ela dizer isto“, referiu Inês Simões, que abordou a possibilidade, muito especulada, de ser o marido de Maria Vieira a escrever os textos que publica nas suas redes: “E muitos dizem que não é ela, é o marido dela. Mesmo sendo o marido dela, a Maria Vieira não tem voto na matéria? Não acredito que a Maria Vieira deixe que o marido use as suas redes com o nome dela para fazer este tipo de ataque gratuito, isto são ataques de ódio literalmente. Custa-me ver este tipo de comentários que ela tem feito nos últimos anos“, concluiu.

COMENTÁRIOS

TRENDING