Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Dor imensa! Heitor Lourenço chora morte do patudo: “Cuidou de mim de todas as formas…”

PUBLICIDADE

O ator mostrou-se de coração partido e recebeu carinho nas redes sociais…

Publicado

em

Por

Reproduções/Redes sociais

Heitor Lourenço recorreu às redes sociais nesta sexta-feira, 27 de agosto, para se despedir de forma emotiva do seu “patudo” partilhando uma declaração.

PUBLICIDADE

O “cãopanheiro” morreu no “Dia Internacional do Animal”, e o ator deixou sentidas palavras sobre o seu “Joninhas”: “Cada vida é uma oportunidade… como se se abrissem janelas. Existirem duas vidas que se encontram num mesmo tempo torna tudo precioso porque raro e inexplicável. Uma dessas preciosidades foi a minha ter-se cruzado com a vida deste cão. Este cão decidiu partir hoje… para uma viagem qualquer que desconheço no meio desta perpétua dança que por convenção chamamos de morte”, começa por escrever.

“Eu gosto tanto dele que me perguntava frequentemente qual era a razão desse gostar tão intenso. É o amor, só pode, e ele lembrou-me isso todos os dias. Curiosamente partiu no dia internacional do animal. Gosto de pensar que há alguma lógica desconhecida nesse gesto, mesmo duvidando. Eu cuidei dele de todas as formas que sabia e que não sabia. Ele cuidou de mim de todas as formas que sabia e que não sabia”, pode ler-se ainda.

“A tristeza da ausência física, claro que existe mas a oportunidade de duas janelas se terem aberto uma para outra torna tudo um privilégio. O meu amiguinho, como sempre lhe chamei, hoje não abana a pequena cauda quando eu puser as chaves na porta. A cauda dele abanará noutras paragens, para onde a sua janela se voltar a abrir. O meu querido Joninhas, obrigado“, concluiu.

Ora veja:

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING