Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Domingos Terra recorda a mãe e confessa: “A minha maior dor é a perda da mãe…”

A progenitora do ex-concorrente de “O Triângulo” faleceu em 2021…

Publicado

em

Por

Domingos Terra recorda a mãe e confessa: “A minha maior dor é a perda da mãe…”
Reprodução Redes sociais

Nesta quinta-feira, dia 13 de abril, Domingos Terra foi um dos convidados de Manuel Luís Goucha no programa “Goucha”, da TVI. O convidado falou sobre a sua experiência em “O Triângulo”, do qual foi expulso no passado domingo, mas também sobre aspetos da vida pessoal.

Durante a entrevista, Domingos Terra ‘abriu o coração’ para falar sobre os pais. O convidado recordou o falecimento da mãe, em 2021, e a relação que mantém com o pai.

PUBLICIDADE

O ex-concorrente de “O Triângulo” não conteve a emoção ao recordar a progenitora e confessou: “A minha maior dor é a perda da mãe. Continua sempre a doer. Agora, já mais atenuada, porque acredito que a minha mãe está bem e está a olhar por mim. No início, não acreditava e sentia-me muito injustiçado pela forma como ela partiu e foi por isso que passei pela fase de depressão e de ataques de ansiedade”.

Domingos Terra ainda revelou o motivo do falecimento da mãe: “Foi soltar uma vaca e, ao soltar, a vaca marrou-a. Ficou encostada na parede e ficou sempre a marrar. Foi a pior coisa da minha vida e, na altura, fiquei mesmo sem chão”, confessou.

O convidado admitiu que procurou ajuda: “Já não conseguia fazer mesmo quase nada a não ser trabalhar. Era o escape e porque sentia que não podia falhar com os meus clientes e com as pessoas que me tinham ajudado no negócio até ali e, como não gosto de falhar com ninguém, sentia-me mesmo obrigado a ir trabalhar, era a única coisa que eu fazia. Fui eu a pedir ajuda, mal senti que não estava bem e que não me sentia o Domingos, procurei logo ajuda imediata e dou graças a Deus por ter sido ajudado e por ter recuperado e ao médico também”, completou.

No seguimento deste assunto, Domingos Terra confessou que tinha uma relação muito próxima com a progenitora: “Era com a minha mãe quem eu podia desabafar os meus problemas e sentia-me mesmo muito à vontade para desabafar com ela. Tenho uma boa relação com o meu pai, mas sinto que há ali uma barreira, de parte a parte. Sempre houve ali uma barreira, não sei porquê”.

PUBLICIDADE

No final, o convidado emocionou-se ao deixar uma mensagem especial para a mãe:  “Sei que ele faz tudo por mim e que nunca vai faltar com nada. Quero dizer que o amo muito e que, mesmo que não mostre esse sentimento por ele, ele é muito importante para mim. Há muita coisa por dizer-lhe”.

TRENDING