Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Dez anos após morte do filho, mãe de Angélico Vieira admite: “A dor permanece…”

PUBLICIDADE

Filomena Vieira, mãe de Angélico Vieira, confessou que a partida do filho “é uma ferida incurável”…

Publicado

em

Cristina Ferreira / Facebook

Fez esta segunda-feira, 28 de junho, 10 anos desde que Angélico Vieira partiu. O ator e bailarino sofreu, na madrugada do dia 25 de junho de 2011, um grave acidente de viação, depois de se ter despistado na A1, em Estarreja, após o rebentamento de um pneu, e três dias depois acabou por perder a vida.

PUBLICIDADE

Assim, nas redes sociais, a data foi assinalada com muita saudade, por alguns amigos, nomeadamente por Rita Pereira e elementos da banda D’ZRT.

Recorde aqui: Angélico Vieira partiu há 10 anos. Rita Pereira presta homenagem nas redes sociais

Ao jornal Correio da Manhã, Filomena Vieira revelou que o sofrimento continua, ao fim de 10 anos: “O tempo passa e a dor permanece. Só tenho de agradecer a todos os que mantêm presente o meu grandioso filho”.

Como conta a referida publicação, a progenitora de Angélico Vieira ainda admitiu ser “uma ferida incurável”.

PUBLICIDADE

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Rita Pereira (@hyndia)

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING