Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Daniel Guerreiro partilha reflexão e recebe elogios: “A vida não é justa, nunca foi, nem nunca será…”

PUBLICIDADE

Daniel Guerreiro partilhou uma reflexão sobre a forma como encaramos a vida… e encantou os seguidores… Ora veja!

Publicado

em

Por

Daniel Guerreiro | Instagram

O ex-concorrente do Big Brother está de volta ao trabalho. Daniel Guerreiro revelou na passada terça-feira, 8 de setembro, que está de regresso às suas formações presenciais de Hipnose e Desenvolvimento Pessoal, que serão devidamente adaptadas às regras impostas pela Direção-Geral da Saúde.

PUBLICIDADE

Entretanto, e através das redes sociais, o mentalista vai partilhando com os seguidores vários momentos do seu dia-a-dia. Nesta sexta-feira, 11 de setembro, Daniel Guerreiro partilhou uma reflexão sobre a forma como encaramos a vida, dando até um exemplo seu.

“Recordo-me de estar um dia na praia e sentir-me frustrado porque o dia estava ventoso, e por isso, a estragar-me o momento. Reclamei, reclamei e reclamei. O vento, no entanto, continuou a soprar. Cagando-se completamente para as minhas reclamações”, começa por explicar.

“Quando olhei para o mar, vi um rapaz a fazer Kitesurf, ou seja, felicíssimo da vida por estar um dia ventoso.”, continua, rematando de seguida: “Entenda isto: Os seus sentimentos de injustiça e revolta não mudam o facto de a vida ser injusta. Aceite, adapte-se e desfrute da viagem sempre que possível”.

A partilha foi muito elogiada pelos seguidores: “Mesmo, as vezes o que não é justo para nós pode ser justo para outros, enfim há que embarcar nesta viagem que é a vida e aceitar que ela tem injustiças e que talvez elas sejam um modo de ensinamento e enriquecimento!” ou “Mensagens boas, obrigado Daniel ❤️🙏”, são apenas alguns exemplos.

PUBLICIDADE

Ora veja:

View this post on Instagram

A vida não é justa, nunca foi, nem nunca será. . Se você se colocar debaixo de uma cascata a levar com a água “nas fuças”, começar a reclamar e não se desviar, sabe o que é que vai acontecer? . – Vai continuar a levar com a água “nas fuças.” . O mesmo se aplica quando passamos a vida a reclamar que a vida não é justa, na esperança que a nossa tristeza mude (magicamente) a receita da vida. . Recordo-me de estar um dia na praia e sentir-me frustrado porque o dia estava ventoso, e por isso, a estragar-me o momento. Reclamei, reclamei e reclamei. O vento, no entanto, continuou a soprar. Cagando-se completamente para as minhas reclamações. . Quando olhei para o mar, vi um rapaz a fazer Kitesurf, ou seja, felicíssimo da vida por estar um dia ventoso. . Entenda isto: Os seus sentimentos de injustiça e revolta não mudam o facto de a vida ser injusta. Aceite, adapte-se e desfrute da viagem sempre que possível. . 🙏

A post shared by 𝐃𝐀𝐍𝐈𝐄𝐋 𝐆𝐔𝐄𝐑𝐑𝐄𝐈𝐑𝐎 (@odanielguerreiro) on

 

Recomendamos

COMENTÁRIOS

TRENDING