Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Custódia Gallego recorda revolta após morte do filho: “Verbalmente era muito violenta…”

Custódia Gallego perdeu o filho, Baltazar, de 32 anos, em 2018…

Publicado

em

Custódia Gallego recorda revolta após morte do filho: “Verbalmente era muito violenta…”
Reproduções | Redes sociais

Custódia Gallego foi uma das convidadas do programa “Goucha” desta terça-feira, 11 de outubro. A atriz esteve à conversa com Manuel Luís Goucha sobre a sua vida pessoal e profissional e claro, falou da morte do filho.

Custódia Gallego perdeu Baltazar, mais conhecido no mundo da música como “Razat”, em 2018, e recordou a forma como lidou com a dor da perda.

PUBLICIDADE

“Naquela altura houve muita raiva, eu quis matar toda a gente, então verbalmente era muito violenta com as pessoas. Mesmo eu sabendo que o que me diziam era para me proteger, para me dar alento (…) a sensação de injustiça (…) era tanta, foi muito violento”, começou por admitir.

A atriz referiu que, nos dias de hoje, já não sente “tantas vezes” essa raiva, já que o tempo também a ajudou a “aceitar a realidade”.

“Agora já acho que não sinto tantas vezes essa raiva a não ser que me obriguem a ter a memória do tempo da raivas mas eu fui fazendo o luto, fui fazendo um caminho mais tranquilo e menos doloroso no sentido de aceitar a realidade (…) é aceitar o inevitável, aceitar o dia-a-dia”, sublinhou.

PUBLICIDADE

Uma vez que não tem fé, Custódia Gallego fez ainda um desabafo: “Eu tenho inveja das pessoas que têm fé porque ao teres fé acabaram-se as dúvidas, raivas. Chama-se fé”.

Ora veja.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Goucha (@gouchatvi)

TRENDING