Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cristina Ferreira revela momento duro: “A minha mãe perguntou-me se tinha cancro…”

PUBLICIDADE

Cristina Ferreira revelou o choque que sentiu quando a mãe foi confrontada com uma capa de revista…

Publicado

em

Por

Cristina Ferreira/ Instagram

“Pra cima de Puta”, o novo livro de Cristina Ferreira, promete dar muito que falar. A obra já está disponível nas livrarias desde esta sexta-feira, 20 de novembro, e as reações ao conteúdo têm sido partilhadas pela apresentadora.

PUBLICIDADE

Esta tarde, Cristina Ferreira revelou algumas reações dos fãs ao livro, e mostrou-as na sua conta no Instagram: “Comecei a lei… ai que dor que sinto em cada ofensa que lhe fazem. Tento colocar-me no seu lugar, não aguentaria”, começa por escrever uma seguidora.

“Tenho o estômago embrulhado com tanta porcaria que lhe dizem. Sinto um nó na garganta. Isto realmente é crime. Cada vez admiro mais a sua força e a sua resiliência. Sinta o meu abraço”, concluiu a seguidora em questão.

Veja aqui mais reações:

PUBLICIDADE

Nesta manhã, a apresentadora explicou do que se trata a obra, revelando uma das mensagens ofensivas que recebeu e que deu o mote para a escrita do livro. Cristina Ferreira decidiu depois esclarecer o objetivo do livro: “No livro nenhum comentário identifica a pessoa que o escreveu. Este livro não é uma vingança”.

A nova diretora de Entretenimento e Ficção da TVI referiu que a obra pretende alertar as autoridades competentes para este tipo de crime na Internet: “Este livro é para dar início a uma discussão de mudança (…) é meu mas podia ser de milhares de pessoas que o vivem na pele diariamente”, afirmou.

Entretanto, no livro, Cristina Ferreira revela um momento marcante vivido no seu restrito meio familiar: “Durante muito tempo, nenhum dos meus familiares teve internet. A minha mãe ainda agora não tem e eu agradeço a Deus todos os dias”, começa por revelar a apresentadora, relatando o momento em que a sua mãe viu uma capa de revista que (erradamente) associava o seu nome à palavra cancro:

PUBLICIDADE

“A minha mãe ficou muito chocada com a capa de uma revista, que sugeria que eu tinha cancro. Senti-me mesmo triste e revoltada. Por um motivo: a minha mãe veio mesmo perguntar-me se era verdade, se eu tinha cancro. A minha mãe estava com medo que eu estivesse a esconder-lhe que estava doente. Aquilo não pude admitir“, revelou ainda Cristina Ferreira.

Esse momento aconteceu em 2019, e na altura Cristina Ferreira mostrou a sua indignação: “Infelizmente vou ter de sujar o meu feed com isto. Esta revista aproveitou o facto de eu dar a cara a uma campanha de luta contra o cancro para fazer esta capa. Acho inadmissível e não consigo perceber que mentes são estas que tentam enganar e vender revistas com um assunto tão sério. E não. Não vale tudo”, começava por declarar.

“Acabei de acionar o meu advogado e espero que a justiça comece a olhar para o tema com outros olhos. E que não demore 5 anos em tribunal. Ser figura pública é usar a imagem para apoiar uma causa de tanto impacto na saúde e vida dos portugueses. Ser figura pública não é poder ter uma capa destas sem que nada seja feito”, concluía a apresentadora.

Recorde aqui:

PUBLICIDADE

COMENTÁRIOS

TRENDING