Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cristina Ferreira “resolve” assunto com 16 anos de espera…

PUBLICIDADE

“Tinha 24 anos e não soube como lidar com aquele momento. “

Publicado

em

Por

Cristina Ferreira / Instagram

Foi no passado sábado que a apresentadora da TVI revelou que as capas contra o preconceito da edição de Julho da revista ‘Cristina’, que tanta polémica geraram, eram um projecto com 16 anos.

PUBLICIDADE

Cristina Ferreira subiu ao palco dos prémios Arco-Ìris de 2017, organizado pela ILGA Portugal, uma associação que luta contra a discriminação da comunidade LGBTI – Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais, para receber um prémio em nome da revista.

A apresentadora fez um discurso onde conta que há muito queria fazer algo que ajudasse quem como ela um dia não soube lidar com assunto “Foi há 16 anos, mas ficou-me marcado até hoje… eu tinha que fazer alguma coisa…” lê-se na legenda do video que partilhou orgulhosamente nas redes sociais, do seu discurso.

“Estas capas.. e eu já juntei mais uma no inicio de 2018, começaram há 16 anos, porque eu fui professora numa escola em Casal de Cambra. Mas há um dia em que depois de entrar e estarem toodos a conversar uns com os outros, viram-se  sobre uma miúda lá da sala, que estava na penúltima fila, e começaram a dizer: ‘oh professora, a professora não sabe, mas ela é lésbica, ela gosta de meninas’. Ela corou, corou, corou e eu mandei-os sossegar e não consegui fazer mas nada. Tinha 24 anos e não soube como lidar com aquele momento. E por isso eu digo que estas capas começaram há 16 anos porque eu própria fui aprendendo a lidar com ela, com aquela menina. Até que em Julho talvez quente, surgiram estas capas.”

PUBLICIDADE

 

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para analeao@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING