Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cristina Ferreira lamenta atitude da SIC na sua saída: “Gostava que o tivessem feito de outra forma…”

PUBLICIDADE

Cristina Ferreira falou pela primeira vez daquilo que a deixou triste quando saiu da SIC, em julho do ano passado…

Publicado

em

DailyCristina/Instagram

Cristina Ferreira esteve esta sexta-feira, 26 de março, no programa “Goucha”, à conversa com Manuel Luís Goucha.

PUBLICIDADE

Numa entrevista onde foram abordados vários temas, nomeadamente sobre o seu cargo de direção na TVI, as acusações por parte da imprensa e ainda o projeto “Dia de Cristina”, a apresentadora falou ainda da sua saída da SIC, em julho passado, depois de dois anos.

“Eu não fiz nada que não pudesse ter feito, há um contrato há, há alíneas desse contrato que nos permitem sair de alguma forma. Eu tinha chegado ao fim do meu caminho daquele lado. Fui muito feliz, fui. Mas surgiu-me uma oportunidade e eu queria esta oportunidade, qual é o problema de vir atrás dela? Porque é que tenho de ser condenada por isso? Porquê?”, questionou.

“Eu só vim atrás daquilo que eu queria (…) se tiver que pagar pago. Eu sei das consequências”

De seguida, Cristina Ferreira mostrou-se “triste” com a forma como foi tratada pela estação aquando da sua saída:

“Fico triste porque as pessoas com quem trabalhei do outro lado sabem o que é que eu dei àquele lado e sabem o que é que eu contribuí”, começou por dizer, sendo depois interrompida por Manuel Luís Goucha.

PUBLICIDADE

“E não é do outro lado que vem parte da guerra?”, questionou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por TVI (@tvioficial)

A diretora de Entretenimento e Ficção da TVI não respondeu diretamente e continuou o seu discurso:

PUBLICIDADE

“Hmmm. Estás tu a dizer”, afirmou, dando um exemplo da forma como gostaria de ter sido tratada: “Tu amanhã  chegavas ao pé de mim e dizias “olha Cristina eu vou para a SIC” e eu dizia-te “fico triste, tu estás bem?” e tu dizias-me “é exatamente aquilo que eu quero” e eu a única coisa que te fazia era abraçar, fiz isso com muitas pessoas”, disse.

E acrescentou: “Eu percebo, é difícil, foi de um momento para o outro, era uma pessoa que estava a dar um grande contributo à estação mas gostava que o tivessem feito de outra forma que era: “Há alguma coisa que possamos fazer?” e eu dizia “não” e eles diziam “obrigada, sabemos o quanto foste importante para nós, temos muita pena que vás embora, vamos ver o que temos de cláusulas, vamos cumpri-las e boa sorte, nós queremos continuar a ganhar”.

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING