Segue-nos
PUBLICIDADE

Televisão

Cristina Ferreira explica programação da TVI: “Não é a grelha sonhada…”

PUBLICIDADE

Na conferência de imprensa de apresentação do ‘Cristina ComVida’, Cristina Ferreira falou sobre a atual grelha de programação da TVI…

Publicado

em

Divulgação TVI

Após a estreia de ontem do ‘Cristina ComVida’, decorreu a conferência de imprensa com os jornalistas que serviu para fazer a apresentação do novo programa de Cristina Ferreira, que irá ocupar o horário das 19:00 às 20:00 horas de segunda a sexta-feira.

PUBLICIDADE

Aproveitando a estreia deste novo programa, a Hiper FM questionou a Diretora-Geral de Entretenimento da TVI sobre se a atual grelha de programação do canal se aproxima do que estava idealizado há seis meses quando, em setembro, Cristina Ferreira apresentou a nova programação do canal de Queluz de Baixo: “Não, porque se tivesse eu precisaria do orçamento da SIC e da RTP para eu fazer aquilo que queria na TVI, é óbvio que não“, afirmou, entre risos.

Nós estamos a falar de uma empresa privada que tem que cumprir um orçamento que nós temos. A liderança, que é um objetivo e acho que deve ser um objetivo de qualquer estação de televisão e de qualquer empresa privada que pretenda ser rentável, e por isso mesmo nós enquanto nova administração que entrou precisamente na mesma altura em que eu entrei para a TVI, aquilo que queremos é organizar a casa. E organizar a casa nem sempre nos permite também ter logo a grelha que nós idealizámos e que queríamos para uma estação“, explicou.

De seguida, Cristina Ferreira detalhou que existem muitos programas que não são propriamente novos e isso faz com que não seja a grelha ideal para já: “Temos muitas zonas de televisão em que temos programas que já não são estreias, temos programas que já lá estão há algum tempo, há zonas onde nós gostaríamos, para já, de ter outro tipo de programação que não nos é permitida. Portanto, não é a grelha sonhada, é a grelha que, dentro das possibilidades, nós achamos que é a grelha ideal para de alguma forma irmos sonhando com os objetivos que temos para cumprir“.

Tudo aquilo que temos lançado temos feito com a maior das convicções de que é perfeito para a estação, mas uma grelha é como um frigorífico: o que se usa mais, nós vamos comprando. Aquilo que for passando de validade, nós vamos tirando. É tão simples a televisão: funciona fica, não funciona damos-lhe mais um bocadinho de vida… E há programas que podem ser extraordinários e têm um fim e acabou. A televisão é isso mesmo e nós fazemo-la muito de coração e de intuição e, por isso mesmo, é a forma como nós a vamos continuar a fazer e vamos tentando, acima de tudo e cada vez mais, tentar chegar à grelha ideal“, acrescentou.

PUBLICIDADE

Escrevo sobre tudo e em qualquer circunstância. Movo-me pela vontade de contar histórias e adoro escrever sobre a televisão, os reality shows e os famosos, entre muitas outras coisas...

COMENTÁRIOS

TRENDING