Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Comovida, Diana Chaves homenageia o pai e recorda: “A minha mãe morreu quando tinha 11 anos…”

PUBLICIDADE

Diana Chaves declarou-se ao pai, em direto, no “Casa Feliz”: “Ficou sozinho, cuidou das três, educou-nos, foi pai e mãe…”.

Publicado

em

Diana Chaves/Instagram

Esta sexta-feira, 19 de março, e como forma de assinalar o Dia do Pai, Diana Chaves e João Baião começaram o programa “Casa Feliz” com uma homenagem aos seus pais.

PUBLICIDADE

Diana Chaves foi a primeira e começou por destacar o grande ser humano que é Carlos, o seu progenitor:

“O meu pai é, de facto, uma pessoa especial, não só por ser um homem inteligente mas sobretudo por ser muito inteligente emocionalmente, sempre foi, é público, a minha mãe morreu quando eu tinha 11 anos, a Sara tinha sete e a Petra tinha 15 portanto ficou sozinho, cuidou das três, educou-nos, foi pai e mãe”, começou por recordar.

“Viveu sempre em função das suas filhotas e agora dos netinhos”

Diana Chaves elogiou a personalidade do pai, destacando que é “um pai e avô maravilhoso” e ainda que “trata as mulheres da forma que todos os homens deviam tratar as mulheres” e falou depois de César Peixoto, marido e pai da sua filha, declarando-se aos dois:

“Tem sido um pai incrível (…) e tenho mesmo muito orgulho (…) eu digo-lhes todos os dias porque, infelizmente, aprendi muito cedo que temos que dar valor enquanto as pessoas cá estão e eu dou todos os dias, tenho os dois melhores  pais do mundo, amo-vos muito e tenho muito orgulho em vocês”.

PUBLICIDADE

Veja aqui.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Diana Chaves (@dichavesofficial)

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING