Segue-nos

Desporto

Depois de colapsar, atleta foi ajudada a ganhar a prova pela adversária que seguia em segundo lugar

PUBLICIDADE

Publicado

em

A imagem de Chandler Self a chegar ao final da Maratona de Dallas demonstra a dureza da prova. A psiquiatra de Nova York liderou todo o percurso, mas quando estava a poucos metros da meta, caiu no chão sem forças.

Ariana Luterman, uma estudante de 17 anos que estava fazendo um último esforço para cruzar a linha de chegada, decidiu ajudá-la, em vez de a ultrapassar a vencer a prova. Pegou na adversária e acompanhou-a até o fim.

PUBLICIDADE

O vídeo das duas a cruzar a meta é a prova de que no desporto ainda há princípios. Os voluntários presentes no local socorreram Self que admitiu ter perdido a consciência.

Depois de colapsar, atleta foi ajudada a ganhar a prova pela adversária que seguia em segundo lugar

“Não sei muito bem o que aconteceu, as minhas pernas começaram a falhar ao quilómetro 39 e ao 41 ficaram ainda pior. Creio que comecei a delirar no final” disse a corredora, como conta o Mundo Deportivo.

PUBLICIDADE

Ariana Luterman revelou que nunca lhe passaria pela cabeça não ajudar:

“A única coisa que pensei foi em socorrê-la. De maneira alguma iria correr e deixá-la neste estado. Assim que chegámos à meta  empurrei-a  para que fosse ela a vencer”.

O vídeo, publicado no Twitter ficou viral em poucas horas.

PUBLICIDADE

Apaixonado por rádio, notícias e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web...

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

COMENTÁRIOS

TRENDING

v