Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cláudio Ramos partilha fotografia em Fátima e desabafa: “Fomos muitas vezes para pedir e muitas mais para agradecer…”

PUBLICIDADE

Cláudio Ramos partilhou uma fotografia antiga captada em Fátima, e fez um desabafo sobre este dia único e tão especial…

Publicado

em

Por

Claudio Ramos | Instagram

Cláudio Ramos recorreu hoje à sua conta no Instagram para partilhar com os seguidores o que sente neste dia 13 de maio, que fica marcado pelas celebrações em Fátima que, pela primeira vez, se fazem sem peregrinos na sequência das medidas impostas pela pandemia do novo coronavirus.

PUBLICIDADE

O apresentador da TVI partilhou uma fotografia antiga captada no santuário de Fátima, e que lhe foi enviada por uma das suas melhores amigas, e acabou por desabafar sobre este dia tão único e tão especial, confessando a falta que sente das viagens àquele local.

“A fotografia é antiga. Enviou-me hoje uma das minhas melhores amigas. Fomos muitas vezes juntos a Fátima e voltaremos, mas já confessámos um ao outro que sentimos a falta. Muita falta! As nossas idas ao santuário não se prendem só com o 13 de Maio especificamente mas sim com todos os dias e com a energia que o espaço tem. Fomos muitas vezes para pedir e muitas mais para agradecer. Agradecer muito”, começa por declarar o apresentador.

“Chegamos e ficamos ali. Observamos ao longe, quietos e na maioria das vezes calados com as preces no pensamento. Voltamos aliviados. Limpos. Hoje, 13 de Maio, é impossível não lembrar todas as pessoas que depositam a esperança neste dia e a vontade de ali estar. Devotos de Nossa Senhora, peregrinos, católicos, crentes… gente que, como Eu e Ela, precisa de um lugar para se encontrar. Para ser ouvido. Para se ouvir. Um lugar onde recebe conforto de alma”, acrescenta Cláudio Ramos.

“Hoje, infelizmente por conta das voltas que o mundo deu, que foram tão surpreendentes como as voltas do sol na Cova da Iria em 1917, não podem estar. Não podemos ir. Mas todos aqueles que ali gostariam de depositar as suas preces hoje, acreditam e têm fé, por isso, acredito eu também que, com rigor, cautela e disciplina voltaremos ao Santuário rapidamente e agradeceremos. Teremos muitas razões para o fazer”, concluiu o apresentador da TVI.

PUBLICIDADE

Ora veja:

View this post on Instagram

… A fotografia é antiga. Enviou-me hoje uma das minhas melhores amigas. Fomos muitas vezes juntos a Fátima e voltaremos, mas já confessámos um ao outro que sentimos a falta. Muita falta! As nossas idas ao santuário não se prendem só com o 13 de Maio especificamente mas sim com todos os dias e com a energia que o espaço tem. Fomos muitas vezes para pedir e muitas mais para agradecer. Agradecer muito! Chegamos e ficamos ali. Observamos ao longe, quietos e na maioria das vezes calados com as preces no pensamento. Voltamos aliviados. Limpos. Hoje, 13 de Maio, é impossível não lembrar todas as pessoas que depositam a esperança neste dia e a vontade de ali estar. Devotos de Nossa Senhora, peregrinos, católicos, crentes… gente que, como Eu e Ela, precisa de um lugar para se encontrar. Para ser ouvido. Para se ouvir. Um lugar onde recebe conforto de alma. Hoje, infelizmente por conta das voltas que o mundo deu, que foram tão surpreendentes como as voltas do sol na Cova da Iria em 1917, não podem estar. Não podemos ir. Mas todos aqueles que ali gostariam de depositar as suas preces hoje, acreditam e têm fé, por isso, acredito eu também que, com rigor, cautela e disciplina voltaremos ao Santuário rapidamente e agradeceremos. Teremos muitas razões para o fazer . . Uma boa quarta feira a todos! Rezar

A post shared by Claudio Ramos (@claudio_ramos) on

 

COMENTÁRIOS

TRENDING