Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cláudio Ramos indignado com história de convidado: “Que a Câmara olhe para isto e faça alguma coisa”

PUBLICIDADE

Os apresentadores mostraram-se ‘revoltados’ com a situação dramática desta família…

Publicado

em

Por

Maria Botelho Moniz / Instagram

Cláudio Ramos e Maria Cerqueira Gomes receberam hoje um caso dramático de uma familia, que após doença terminal e desemprego, se viram obrigados a sair da casa onde moravam, por falta de pagamento da renda, mudando-se para uma outra sem quaisquer condições.

PUBLICIDADE

Marco, desempregado e a tomar conta da mulher doente, em fase terminal de um cancro no útero, e os filhos, viram-se obrigados a se mudar para uma velha casa de familiares que está completamente degradada.

Após a reportagem sobre a família, a dupla de apresentadores recebeu Marco no ‘Dois às 10’, e ambos mostrar a sua indignação perante o caso.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Dois às 10 (@doisas10tvi)

Indignado, Cláudio Ramos não se conteve e não só assumiu culpas pela situação enquanto cidadão: “Marco deve ser muito difícil estar aí sentado…somos todos um bocadinho responsáveis por esta situação que está a viver. Porque nós vivemos num país onde pagamos impostos não é justo que o senhor os seus filhos e a sua companheira que tem cancro, que está numa fase muito avançada esteja numa cama nas condições que acabamos de ver…”, mas revelou-se ainda mais ‘revoltado’ com o Estado, acusando a Câmara Municipal de se defender de algo que não tem defesa possível.

PUBLICIDADE

“O que eu gostava é que quem nos vê, nomeadamente, a câmara municipal, onde o Marco pertence olhe para isto e faça alguma coisa, porque, há dias que estamos a tentar obter uma resposta da câmara municipal e não é justo que nos digam que as coisas levam o seu tempo.  As coisas levam o seu tempo, mas mais importante que ‘o seu tempo’, é dar condições de vida a uma senhora que está numa cama, neste tempo com cancro, isto é importante que se saiba, ok.”, declarou.

Marco revelou que a autarquia tem casa fechadas e que a Segurança Social apenas diz que entende o seu caso, mas que estas situações levam muito tempo a resolver.

Veja a entrevista aqui.

PUBLICIDADE

 

COMENTÁRIOS

TRENDING