Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Cláudio escreve bonito texto a Maria Cerqueira Gomes: “É uma espécie de sobrevivente…”

PUBLICIDADE

Cláudio Ramos escreveu um texto sobre a apresentadora, que em 2019 substituiu Cristina Ferreira: “Naquele momento foi engolida por um mar de confusão”.

Publicado

em

Maria Cerqueira Gomes/Instagram

Maria Cerqueira Gomes é o rosto da capa deste mês da revista CRISTINA, de Cristina Ferreira.

PUBLICIDADE

Aproveitando a ocasião, Cláudio Ramos decidiu deixar um bonito texto na sua conta de Instagram à apresentadora portuense, onde começou por admitir que vai, com certeza, ler a entrevista.

“Tenho largas centenas de razões para querer muito ler esta conversa. A Maria, como diz a Cristina, tem luz. Uma luz que eu acompanho há muito tempo. Acompanhei sempre”, começou por escrever.

De seguida, fez uma analogia entre a mudança de Maria para a TVI, em 2019, quando substituiu Cristina Ferreira no Você na TV, e uma tempestade, elogiando a força e coragem da apresentadora:

“Naquele momento foi engolida por um mar de confusão numa tempestade que não lhe dizia respeito. Como não é de se meter de braços no ar, não chamou salva vidas e na mudança limitou-se a tentar manter à tona para não morrer afogada. Foi difícil. Portugal sabe que o mar estava revoltado e as ondas eram gigantes”, assegurou.

PUBLICIDADE

Cláudio Ramos confessou ainda que, a seu ver, Maria Cerqueira Gomes vai, num futuro próximo, ter a sua oportunidade neste meio:

“(…) Na minha opinião, é uma espécie de sobrevivente neste meio. Nadou, nadou, nadou e chegou agora à costa. Agora (…) pode ter chegado o momento certo de se conhecer a Maria. No dia que sai a revista com a Maria na Capa eu estou no Porto no Porto dela que acorda molhado pela chuva. Não me venham com histórias. O Universo sabe o que faz!”.

Leia aqui o texto na íntegra:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

… Tenho largas centenas de razões para querer muito ler esta conversa. A Maria, como diz a Cristina, tem luz. Uma luz que eu acompanho há muito tempo. Acompanhei sempre. Sou muito da opinião que na altura da mudança as pessoas não tiveram tempo de conhecer a Maria. A Maria que eu, enquanto espectador, acho que se devia conhecer… Naquele momento foi engolida por um mar de confusão numa tempestade que não lhe dizia respeito. Como não é de se meter de braços no ar, não chamou salva vidas e na mudança limitou-se a tentar manter à tona para não morrer afogada. Foi difícil. Portugal sabe que o mar estava revoltado e as ondas eram gigantes. Quero muito ler porque aposto que a Cristina lhe perguntou tudo. Aposto que ela respondeu a tudo e assim, todos vocês vão perceber tudo sobre alguém que, na minha opinião, é uma espécie de sobrevivente neste meio. Nadou, nadou, nadou e chegou agora à costa. Agora, conhecendo uma e outra, em terra firme, seca da água da tempestade e das lágrimas que a inundaram naquela altura, pode ter chegado o momento certo de se conhecer a Maria. No dia que sai a revista com a Maria na Capa eu estou no Porto no Porto dela que acorda molhado pela chuva. Não me venham com histórias. O Universo sabe o que faz! . Vou comprar assim e que meter este corpinho na rua. E tenham uma sexta feita feliz!🤍 #euclaudio #claudioramos #saudeepazorestoouniversotraz

Uma publicação partilhada por Claudio Ramos (@claudio_ramos) a

PUBLICIDADE

Adoro rádio, televisão, música e sobretudo notícias... Todos os dias trago-te os destaques da vida dos famosos...

COMENTÁRIOS

TRENDING