Segue-nos

Big Brother

Cláudio Coelho sobre Bruno Savate e Joana: “Estão a ficar muito afetados psicologicamente…”

Na conferência de imprensa com os jornalistas, Cláudio Coelho falou da zanga com Bruno Savate e da relação deste com Joana, entre outros assuntos…

Publicado

em

Por

Cláudio Coelho sobre Bruno Savate e Joana: “Estão a ficar muito afetados psicologicamente…”
Reprodução/Redes sociais

Cláudio Coelho foi o concorrente expulso na gala de ontem do Big Brother – Duplo Impacto e esta segunda-feira, dia 15 de fevereiro, esteve à conversa com os jornalistas após a sua ida ao programa ‘Dois às 10’, onde foi entrevistado por Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz sobre o seu percurso no reality show.

Sobre os atritos que Bruno Savate, o ex-concorrente admite que utilizou uma estratégia mais gradual no “Duplo Impacto”: “Tentei largar algumas bombas que não matam mas moem“. Cláudio contou ainda os motivos da zanga entre os dois e revelou que Savate não utiliza estratégias que o agradam: “Usa estratégias que, neste momento, não sou apologista“.

Contudo, revelou-se disponível para resolver os atritos fora do reality show: “Estou aberto para isso

Sobre o resultado da votação, Cláudio confessou: “Não estava à espera, estava positivo para as votações“.

Além destes assuntos, e de outros que estiveram mais relacionados com a sua vida pessoal, a relação com a namorada e a condenação no processo ‘Jogo Duplo’, o ex-concorrente falou também da relação com Joana e Bruno Savate e revela que os dois concorrentes procuram muito as idas frequentes ao confessionário para desabafar com o Big Brother que é uma voz amiga, neste caso.

Assisti a uma Joana muito debilitada… Ambos estão a ficar muito afetados psicologicamente“. Cláudio explica ainda não ter muitas expetativas para o futuro da relação fora do programa: “Vai ser muito complicado, acho que será muito difícil“.

Na conferência de imprensa também se abordou a polémica sanção para Bruno Savate e Joana, que ficaram automaticamente nomeados por utilizarem o microfone. Na opinião de Cláudio, esta atitude da parte de Savate não foi propositada: “Se quisesse ficar nomeado, usava outros motivos

TRENDING