Segue-nos
PUBLICIDADE

Famosos

Chocada, Joana Albuquerque denuncia crime: “Que nojo…”

PUBLICIDADE

Joana Albuquerque partilhou no Twitter uma publicação do IRA, que denunciou um homem que foi filmado a ter relações sexuais com um cão…

Publicado

em

Joana d'Albuquerque/Instagram

Joana Albuquerque recorreu à sua página de Twitter para denunciar um caso reportado pelo IRA – Intervenção e Resgate Animal, que revelou ter recebido dois vídeos de um indivíduo a praticar relações sexuais com um cão preto.

PUBLICIDADE

Eu nem acredito que estive no Lorosae e jantei perto deste gajo que nojo“, escreveu a designer, que partilhou a publicação original da página de Facebook do IRA, que entretanto foi apagada, e a consequente identidade do autor responsável pelos atos.

Poucas horas depois da denuncia, o IRA comunicou no final do dia de ontem que o indivíduo já foi identificado pelas autoridades: “Toda a informação foi remetida para o departamento jurídico e será encaminhada para o Ministério Público de imediato“, lê-se na publicação.

Na manhã desta sexta-feira, dia 11 de junho, o IRA revelou que as publicações foram removidas pelo Instagram e o Facebook por violar normas de comunidade e por se considerar como bullying ou assédio ao autor: “Todos os procedimentos legais serão feitos em conformidade, já que a zoofilia é punível em Portugal com pena de 6 meses a 1 ano ou multa de 60 a 120 dias“, pode ler-se.

PUBLICIDADE

Escrevo sobre tudo e em qualquer circunstância. Movo-me pela vontade de contar histórias e adoro escrever sobre a televisão, os reality shows e os famosos, entre muitas outras coisas...

COMENTÁRIOS

TRENDING