Segue-nos

Animais

Cegonha voou (novamente) 12.000 Km para visitar a sua amada, que ficou ferida

Publicado

em

Se não acreditas em amor verdadeiro, a história cativante destas duas cegonhas pode mudar isso, definitivamente.

Klepetan, uma cegonha macho, migra todos os anos para a África do Sul, deixando para trás a sua parceira, Malena, na sua humilde morada – um ninho aconchegante localizado no telhado vermelho de uma casa na Croácia.

Malena fica sozinha na pequena aldeia croata, sem a companhia de Klepetan, durante os meses de outono e inverno.

Mas quando chega o mês de Abril, durante os últimos 16 anos, e como um relógio, Klepetan volta do sul para, mais uma vez se reunir com Malena.

Desde que as suas asas foram feridos por um caçador, Malena tem sido incapaz de voar ao lado do seu parceiro, e muito menos juntar-se a ele na sua jornada anual de 12.000 quilómetros.

Apesar de as cegonhas não terem necessariamente um companheiro para a vida, elas tendem a voltar ao mesmo ninho, e parceiro, o que explica a lealdade inabalável de Klepetan.

Pela 16ª vez, a cegonha masculina, Klepetan, voou milhares de quilómetros de volta para perto da sua companheira ferida, Malena.

Malena foi adotada por Stjepan Vokic depois de a sua asa ter sido ferida por caçadores.

Stjepan deu a Malena uma segunda chance na vida ao cuidar dela.

No telhado da casa do homem, o amor de Malena e Klepetan floresceu, e está para durar…

Como Malena não era de voar, as chances do seu relacionamento durar eram escassas.

No entanto, o amor deste casal incrível resistiu a tudo…

Confere o vídeo:

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING