Segue-nos

Animais

Casal conhece-se no Tinder e descobre que os seus gatos são gémeos, e foram separados ainda bebés

Publicado

em

Quando Cathleen Cavin levou a filha para adotar um gatinho num abrigo local, em 2014, não imaginava as surpresas que a vida lhe reservava.

Ao chegarem ao abrigo na Califórnia, mãe e filha imediatamente se apaixonaram por dois gatos. Os felinos gémeos, entretanto, tiveram que ser separados, pois na casa da família só havia espaço para um animal.

O sortudo foi o gatinho Ozzy, que se adaptou muito bem à nova casa. Esta seria uma história banal se tudo parasse por aqui, mas ganhou uma reviravolta graças à tecnologia, e ao amor…

Em 2016, alguns amigos convenceram Cathleen a usar a app de relacionamentos Tinder. Foi quando ela conheceu Brian Herrera, que vivia próximo da sua casa, e que também tinha um gato, e era pai solteiro.
Com tantas semelhanças, a dupla combinou um primeiro encontro num restaurante.

O encontro correu tão bem que eles decidiram continuar a noite na casa de Brian. Foi quando Cathleen se surpreendeu ao encontrar um gato igual ao seu.

Ela contou ao The Dodo que soube imediatamente que aquele era o irmão perdido do seu gatinho Ozzy.

A suspeita foi confirmada graças aos registos do abrigo onde os dois animais viveram, que apontava que Brian tinha adotado o gatinho, que ganhou o nome de Butter, apenas quatro dias depois de Cathleen visitar o local.

Recentemente, o casal promoveu um primeiro encontro entre os dois animais. Ao início eles ficaram um pouco indiferentes, o que é normal entre felinos. Mas, apesar disso, os dois gatinhos terão muitas oportunidades de voltar a se relacionar, pois Brian e Cathleen planeiam morar juntos em breve, e Ozzy e Butter passarão a dividir novamente a mesma casa.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para [email protected]

COMENTÁRIOS

Recomendamos




Recomendamos




TRENDING