Segue-nos
PUBLICIDADE

Familia

Casal teve 4 abortos espontâneos em 6 anos, e ficam incrédulos com a última ecografia

PUBLICIDADE

Publicado

em

A infertilidade é um problema sério para muitas pessoas. Apesar de fazerem o seu melhor para ter filhos, alguns casais passam anos a tentar conceber sem sorte.

PUBLICIDADE

Allyson e Tony Ponto, de Hoyt Lakes, Minnesota, Estados Unidos são um desses casais, tendo lutado para ter filhos há mais de uma década.

Embora o casal tenha conseguido engravidar 4 vezes, no período de quase 6 anos, cada uma era uma gravidez ectópica, e não prevista para chegar ao termo.

As gravidezes ectópicas ocorrem quando o embrião se liga a algum lugar além do útero. Em 90% das gravidezes ectópicas, o embrião liga-se às trompas de Falópio. É por isso que as gravidezes ectópicas também são conhecidas como “gravidezes tubáricas”.

PUBLICIDADE

Como podemos imaginar, o ciclo de excitação e tristeza foi insuportável para o casal, e as coisas só pioraram quando os médicos disseram a Allyson que ela não poderia mais naturalmente conceber, como resultado do tecido cicatricial acumulado dos abortos espontâneos.

Os dois estavam determinados a se tornar pais, no entanto, e decidiram tentar tudo à sua disposição, incluindo a fertilização in vitro (FIV). Quando Allyson fez o tratamento com FIV, havia apenas uma chance de 30% que o embrião fosse viável. Então, para aumentar as chances, o médico implantou 3 embriões.

No entanto, algumas semanas depois, quando Allyson e Tony chegaram à sua primeira ecografia, ficaram chocados com o que viram no ecrã.

PUBLICIDADE

“Três? Temos três bebês ?! “Tony gritou com descrença. “Não …” disse a enfermeira atordoada. “Você tem 4!”

Não só os três embriões desafiaram as chances, como um deles se desenvolveu em gémeos idênticos, o que significa que Allyson estava grávida de quadruplos!

Estes casos são, regra geral, extremamente raros. O canal Kare11 relata que houve apenas 228 quadruplos, entre os quase 4 milhões de bebés nascidos nos Estados Unidos no ano passado.

Usando estes números, as chances são de cerca de 6 para cada 100.000. Quando tomamos em consideração a luta com a infertilidade, as chances são ainda mais impressionantes!

PUBLICIDADE

A 4 de julho de 2017, o Allyson deu à luz 4 belas meninas: Olivia, Anna, Morgan e Carolyn.

Apaixonado por rádio e redes sociais, trago-te todos os dias as histórias mais inspiradoras que encontro na web... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para pedrolopes@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING