Segue-nos
PUBLICIDADE

Cinema

“Cartas da Guerra”, o filme português que pode chegar aos Óscares

PUBLICIDADE

“É provavelmente, o mais belo filme sobre guerra desde Terrence Malick, The Thin Red Line”, in The Gardian

Publicado

em

Por

“Cartas de Guerra”, é o filme português que a Academia de Cinema Português escolheu para ser o candidato a um dos cinco filmes que serão eleitos para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro, na cerimónia de entrega dos prémios mais cobiçados da Academia Americana de Artes e Ciências Cinematográficas, os Óscares.

PUBLICIDADE

Um filme de Ivo M. Ferreira, que nos conta uma história verídica durante a Guerra Colonial em Angola e conta com os actores Miguel Nunes, Ricardo Pereira, Margarida Vila-Nova, Pedro Ferreira, Tiago Aldeia e João Luís Arrais nos principais papeis.

Foi o livro “D’este viver aqui neste papel descripto — Cartas da Guerra de António Lobo Antunes”, organizado e compilado pelas filhas do escritor que inspiraram o realizador.

As cartas escritas por António Lobo Antunes, e enviadas à sua mulher, Maria José, quando foi alferes em Angola, durante a guerra colonial, foram a base para o argumento adaptado por Ivo M. Ferreira e Edgar Medina, que leva o público português até uma realidade que nos dias de hoje parece tão esquecida.

PUBLICIDADE

Em Portugal o filme estreou a 1 de Setembro, e esteve presente  no festival Urso de Ouro de Berlim.

A critica internacional não podia ser melhor, o jornal  The Gardian faz referencia ao filme referenciando-o como sendo, “o mais belo filme sobre guerra desde Terrence Malick, The Thin Red Line”.

cartas-de-guerra-no-the-gardian

@theguardian.com

PUBLICIDADE

“Cartas da Guerra” vai representar Portugal nos Prémios Goya, da Academia Espanhola de Cinema, na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano em Fevereiro de 2017 e, esperemos, na 89ª Gala de entrega dos Óscares no dia 26 de Fevereiro de 2017 em Hollywood, na Califórnia.

Vê aqui o trailler:

Desde 2005 que te conto, todos os dias, as histórias mais frescas sobre música, famosos e redes sociais... Podes ajudar a melhorar este artigo, enviando um email para analeao@hiper.fm

Clica para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

COMENTÁRIOS

TRENDING